A reciclagem de garrafas PET deixa estes cachorrinhos felizes da vida

Em São Paulo, uma cadelinha também ficou conhecida por suas habilidades com as garrafas pets.

Sabrina corajosamente entrava no rio Tietê, que é poluído, para retirar os objetos da água.

originalJá imaginou uma máquina que, além de reciclar garrafas PET, ainda distribui ração para cachorrinhos abandonados?

Pois é, ela existe. A empresa turca Pugedon desenvolveu a peça que ajuda a solucionar dois problemas de uma só vez: o lixo e os animaizinhos em situação de rua.

O processo é bem simples: você entrega a sua garrafa de plástico reciclável e recebe uma porção de ração e água para alimentar os animais.

Istambul é conhecida por seu alto índice de abandono. Estima-se que existem mais de 1.500 cachorros vivam nas ruas da cidade.

A relação entre cãezinhos e reciclagem de garrafas PET não é de hoje. Alguns animaizinhos têm se dedicado a uma tarefa sustentável.

Tubby, por exemplo, entrou para o Guiness Book em 2011 após recolher mais de 26 mil garrafas pet durante os seus passeios. O labrador ficou conhecido como o “cão mais verde do mundo”, pois durante as suas saídas, duas vezes por dia, ele pegava as garrafas, amassava-as com a boca e entregava para sua dona.

O cãozinho faleceu em abril deste ano e recebeu um tributo dos editores do livro de recordes.

 

 

 




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *