Cidades Economia – Fiscalização encontra irregularidades em 45 marcas de azeite.

O Ministério da Agricultura identificou irregularidades em 45 marcas de azeite, entre 140 coletadas nos últimos dois anos. A fraude mais comum praticada por empresas envazadoras é o uso de óleo vegetal com azeite lampante, que tem cheiro forte e acidez elevada. Extraído de azeitonas deterioradas ou fermentadas, o óleo não deve ser destinado à alimentação.

Foram inspecionadas 279 amostras de 214 lotes. Do total, 38,7% dos lotes tinham problemas e 79% das irregularidades eram relacionadas à baixa qualidade. As amostras foram colhidas em 12 Estados e no Distrito Federal. Do total de 322.329 litros, 207.579 litros apresentaram problemas. As fraudadoras foram autuadas, multadas em até R$ 532 mil e denunciadas ao Ministério Público. Os produtos foram apreendidos para descarte.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *