Peterlongo Elegance Nature é Top Ten Expovinis.

Champagne desbancou nove marcas nacionais

A marca responsável por dar início à história do espumante brasileiro cruza seu centenário erguendo um brinde verde-amarelo. A Vinícola Peterlongo, de Garibaldi, na Serra Gaúcha, comemora a conquista do Top Ten Expovinis 2017 na categoria Espumantes Nacionais com o Peterlongo Champagne Nature.

O Peterlongo Espumante Nature desbancou nove amostras brasileiras numa degustação às cegas. O concurso é um dos mais aguardados no país, revelando na taça o que há de melhor na atualidade. Capitaneado pelo especialista Jorge Lucki, único membro brasileiro da tradicional Acadèmie Internationale du Vin, o júri contou, ainda, com 10 experts, entre jornalistas especializados, sommeliers, enólogo e chef. Para o sócio-diretor Luiz Carlos Sella, este reconhecimento expressa a nova fase vivida pela Peterlongo. “Respeitando a história da Peterlongo, retomamos pesados investimentos no reposicionamento da marca e os resultados aparecem na taça. É só degustar. Saúde ao espumante brasileiro”, comemora.

A Peterlongo aproveita a maior feira de vinhos da América Latina, que segue até 8 de junho, em São Paulo, para colocar na vitrine 24 de seus produtos. A grande presença é de espumantes, com 13 rótulos. O restante é dividido entre vinhos tranquilos, suco de uva, frisante e espumante sem álcool.

A empresa, que encerrou 2016 como a segunda vinícola brasileira que mais exportou no período, quer ampliar sua participação no mercado interno. Para isso, aposta na variedade de produtos e num amplo trabalho de reposicionamento que iniciou ainda em 2015, ano de seu centenário. De lá para cá, grandes investimentos vêm sendo feitos, desde o cultivo das videiras até a roupagem dos produtos. No âmbito técnico, a Peterlongo conta, desde o ano passado, com a experiência do enólogo francês, Pascal Marty, que companha de perto cada transformação. O winemaker da Peterlongo é reconhecido no universo do vinho por ter implantado projetos de vinhos ícones no mundo como o Opus One e o Almaviva. Marty é o winemaker da Peterlongo desde o ano passado, numa parceria firmada para 10 anos.

Muitas dessas mudanças estão sendo degustadas na taça durante a feira. Entre as novidades, os novos vinhos Terras e Armando, que foram totalmente reformulados, por dentro e por fora. O Terras é a marca de vinhos da Peterlongo dirigida a supermercados e o Armando é o vinho de entrada da vinícola em casas especializadas. Mas a notícia mais fresquinha é a nova linha de espumantes Presence, agora com cinco rótulos: Brut, Brut Rosé, Demi Sec, Moscatel e Moscatel Rosé. Os visitantes também têm a oportunidade de conhecer espumantes das linhas Elegance, 660ml e o Prosecco, assim como o Frisante Branco, o Must – espumante sem álcool, além do suco de uva.

 

O júri

Mario Telles Jr – ex-presidente e atualmente diretor da ABS-SP

José Maria Santana – editor do site Brasil Vinhos

Jorge Carrara – colunista da revista Prazeres da Mesa

José Luiz Pagliari – diretor técnico da SBAV-SP

Ricardo Farias – presidente da ABS-RJ

Márcio Oliveira – SBAV-MG e editor do boletim Vinotícias

Celito Guerra – enólogo e pesquisador da Embrapa Uva e Vinho – RS

Tiago Locatelli – chef sommelier do restaurante Varanda Grill

Marcelo Copello – curador do Rio Wine and Food Festival e editor do site www.marcelocopello.com

Marcel Miwa – editor de vinhos da revista Prazeres da Mesa

O produto

O vinho base é fermentado em tanques de aço inoxidável com leveduras selecionadas e controle de temperatura. O assemblage é elaborado com proporções harmônicas dos vinhos Chardonnay e Pinot Noir, buscando o melhor equilíbrio entre as duas variedades. A tomada de espuma, dentro da própria garrafa (Método Champenoise ou Tradicional), é realizada em ambiente com temperatura controlada naturalmente em cave subterrânea, onde o champagne matura por 24 meses, antes de ser comercializado.

Apresenta aspecto visual rico, de coloração amarelo palha com reflexos dourados e perlage fino, elegante e intenso. Aromas vivos e intensos de pão torrado, manteiga com boa complexidade e evolução, derivados do longo tempo de maturação. Paladar balanceado e boa cremosidade. Mantém o equilíbrio entre acidez e álcool. Retrogosto amplo e intenso.

O Peterlongo Champagne Nature vem conquistando prêmios mundo afora. Entre as mais recentes estão as Medalhas de Ouro conquistadas na Argentina no Vinus 2016 e no La Mujer Elige 2016, além da Seleção dos Melhores Vinhos, Espumantes e Sucos de Garibaldi.

 

Imagem: Carlos Ben




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *