Notícias de Bento – Internos da Comunidade Terapêutica constroem casas para cachorros.

A Comunidade Terapêutica Rural de Bento Gonçalves, que atende dependentes químicos, irá realizar dentro das suas atividades de reabilitação, a construção de casinhas para cachorros. A ação integra o projeto de Posse Responsável, desenvolvido pelo Gabinete da Primeira Dama, com apoio das secretarias de Meio Ambiente, Saúde, Mobilidade Urbana e de Educação. Nesta terça-feira, 8, o prefeito Guilherme Pasin, a primeira-dama Cynthia Pasin, e o vereador Eduardo Viríssimo receberam as casinhas em nome do projeto.

 

Conforme a Primeira-Dama, o projeto foi desenvolvido através da parceria com empresas da cidade, que doaram o material necessário para construção das casas, e a mão de obra dos internos da Comunidade. “É uma união de esforços em prol da causa animal, essas casinhas estão sendo construídas com todo carinho e poderão servir de abrigo para os cães que necessitarem”, destaca.

 

Para o prefeito Guilherme Pasin, o “projeto visa unir esforço, fazendo com que mais pessoas se comprometam e façam parte deste grande objetivo que é tornar Bento melhor para todos que aqui vivem. As casinhas são fundamentais para isso! São uma amostra que o poder público quer cuidar de todos, de todas as famílias e suas paixões. E vocês parceiros deste projeto são importantes nesse processo. É uma semente plantada que dará muitos frutos”, disse.

 

Emocionado o coordenador da Comunidade, Leonir Vivan, ressaltou que a atividade, que pode parecer simples, representa muito para os internos. “Essa ação materializa a contribuição para a sociedade do trabalho realizado pelos dependentes químicos em tratamento, servindo como estímulo fundamental para a recuperação da autoestima e superação do vício”, afirma.

 

A fiscalização da Secretaria do Meio Ambiente será responsável por identificar famílias que necessitem das casas para seus animais. Os materiais para confecção das casinhas foram doados pelas empresas Todeschini, Motiva Móveis, Artesano Móveis e Stilizia Móveis.

 

Também estiveram presentes o delegado Clóvis Rodrigues de Souza, o primeiro presidente da instituição e representate da empresa Todeschini, Leonardo Stefani, o secretário de Saúde, Diogo Segabinazzi Siqueira, de Meio Ambiente, Claudiomiro Dias, e de Mobilidade Urbana, Amarildo Lucatteli.

 

A comunidade

A Comunidade Terapêutica Rural de Bento Gonçalves é a única no Brasil com atendimento totalmente custeado pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Os trabalhos são coordenados pelo Centro de Apoio Psicossocial Álcool e Drogas (CAPS-AD), que realiza a triagem inicial e encaminha para tratamento. A equipe de trabalho na Comunidade é formada por nove monitores, uma enfermeira, uma psicóloga e uma cozinheira. O CAPS-AD realiza também um acompanhamento constante com os familiares dos residentes, buscando o sucesso da permanência e do tratamento.

 

Alimentos destinados para escolas

Dentro das atividades de reabilitação, a Comunidade Terapêutica realiza a laborterapia, onde são cultivados alimentos e jardins, e criados animais. Neste ano, foram cultivados cerca de 300 quilos de aipim no local, que além do consumo dos internos, o excedente da produção foi destinado ao Abrigo Municipal e às escolas do município.

 

 

Assessoria de Comunicação Social Prefeitura

Fotos: Emanuele Nicola




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *