Clássicos: Ford Crown Victoria, o grã-fino que virou policial

Vários clássicos justificam a fama de era de ouro da Detroit dos anos 50. Na Ford, depois do Thunderbird, nenhum outro modelo impressionou tanto o mercado como o Crown Victoria 1955.

Versão do Fairlane, esse sedã de duas portas encantou o público pelo estilo – e que estilo. Ficou célebre por suas colunas centrais, que eram unidas numa barra de inox, formando uma espécie de tiara.

A pintura saia-e-blusa era dividida por um friso lateral que lembrava as asas de uma gaivota. O para-brisa envolvente, como o introduzido por Chevrolet Corvette e Cadillac Eldorado de 1953, marcava uma nova geração dos Ford de passeio.

 

 

Galileu




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *