Primeiro caso de H1N1 é confirmado em Bento

39

A Secretaria Municipal de Saúde, através do Setor de Epidemiologia divulgou o primeiro caso de H1N1 no Município. Trata-se de uma pessoa de 60 anos, e que não havia feito a vacina. O paciente recebeu o tratamento, passa bem e já ganhou alta hospitalar.

“A vacina não exclui a possibilidade do paciente contrair uma gripe, mas sem dúvida é um grande, senão o maior reforço à prevenção contra situações mais graves, como neste caso”, explica o coordenador das Vigilâncias em Saúde, Rafael Vieira.

Até a última semana, as Unidades de Saúde vacinaram 84,63% da meta, ou seja, foram aplicadas 27.827 doses.

“É um caso isolado, mas de extrema preocupação, estamos no fim da Campanha, quase alcançando a meta, e precisamos que todos que pertencem aos grupos de risco recebam a vacina”, enfatiza o secretário de Saúde, Diogo Segabinazzi Siqueira.

Devem ser vacinadas até o dia 31 de maio, crianças de seis meses a menores de seis anos (cinco anos, 11 meses e 29 dias); gestantes (em qualquer período da gravidez); pessoas com doenças crônicas (com apresentação de receita médica no ato da vacinação); idosos com idade igual ou maior de 60 anos; puérperas (até 45 dias após o parto); trabalhadores da Saúde; professores; e população indígena.




Deixe uma resposta