Secretaria Municipal de Saúde alerta para riscos da Automedicação

90
“Quem tem dor, tem pressa”, eis uma frase corriqueira, que está relacionada a um ato comum entre a população: o de se automedicar. A Secretaria de Saúde de Bento Gonçalves alerta para os riscos desta prática à saúde, podendo ocasionar graves consequências e ainda levar à morte.

 

Entre os problemas que a automedicação esconde, estão os remédios que camuflam os sintomas, mas não curam a doença. “Se perguntássemos para qualquer pessoa, com certeza a resposta seria que sim, que já fez uso de medicação em algum determinado momento da vida, sem a devida prescrição médica. Este comportamento, que muitas vezes manifesta-se com um caráter banal, faz corrermos o risco de fecharmos os olhos para aquilo que é extremamente perigoso,” salienta o psicólogo Maurice Bouwary.

 

Conforme a Anvisa, automedicação é o uso de medicamentos por conta própria ou por indicação de pessoas não habilitadas. Entre as complicações, podem causar intoxicação, mascarar sintomas de doenças graves, cortar ou potencializar o efeito de outras medicações e tornar o organismo resistente a tratamentos.

 

O coordenador Médico da Secretaria Municipal de Saúde, Marco Antônio Ebert, afirma que “remédios são drogas e sua diferença para o veneno, esta apenas na dose”. Desta forma, ele chama a atenção para que o uso de medicamentos tenha sempre indicação médica, para que sejam evitados os efeitos adversos, inclusive intoxicações e o óbito.

 

Assessoria de Comunicação Social

Foto: Produção ASCOM




%d blogueiros gostam disto: