Crônicas “Dicas de Vida”

68

Dando início as nossas crônicas periódicas, nada melhor do quê iniciarmos nosso encontro, encontro entre eu e vocês, nossos leitores, falando sobre a nossa vida cotidiana e o quê podemos fazer para que ela possa ser vivida de uma forma melhor, com mais qualidade de vida e saúde, tanto física, quanto psicológica. Afinal, é isso que todos nós desejamos e tanto queremos. E esse desafio, de viver uma vida boa e com qualidade, às vezes nos parece mais difícil por influência de questões externas, por influência de questões ambientais. E, dentre estas questões, o clima tem um papel bem importante. Para muitas pessoas o outono e inverno são estações que representam coisas que remetem à tristeza e solidão: dias escuros, dias cinzas, nublados, com ausência de sol, com ventos frios e umidade. Todos estes são fatores ambientais que podem até influenciar no nosso humor e nas emoções que sentimos. Dias frios e nublados podem despertar tristeza, desânimo, ideias negativas, e um certo desânimo diante da vida. Em dias nublados parece que os problemas e adversidades da vida ficam mais escuros e maiores. E que o nosso ânimo vai embora. E, por isso, sentimos vontade de ficarmos sozinhos, trancados dentro de casa, esperando os dias melhores.

É importante nos darmos conta quando isso acontece, para que tais sentimentos negativos e desânimo não tomem conta dos nossos dias e não nos impeçam de vivermos bem, inclusive no inverno. E mais, precisamos prestar atenção justamente para aproveitarmos as coisas boas que nosso clima frio nos proporciona. Ao invés de ficar em caso, no canto do sofá, recolhido de frio e resmungando que o dia está feio, que tal sair para uma caminhada depois do almoço, naquela hora em quê o sol é mais quentinho? Ou que tal mandar uma mensagem para os amigos e encontrar um tempo para uma reunião? Regada a vinho, espumante, quentão ou chimarrão! Ou que tal aproveitar os dias frios para colocar em dia a leitura de um bom livro? A questão é não nos deixarmos abater pelo cinza do inverno e ficar esperando a primavera ou o verão para viver. Podemos viver de modo agradável, hoje, agora, neste próximo final do mês, sem esperar a próxima estação. Esse é o segredo das pessoas que conseguem viver bem, que se sentem bem diante da vida. E todos nós merecemos uma vida boa. Então, já sabe: nos dias de frio, saia da “toca”, não se isole, interaja com as pessoas, procure os amigos, reúna a família, pegue sol, caminhe, movimento seu corpo. Todas essas pequenas ações, bem simples, farão muito bem para sua saúde psicológica. Com certeza elas irão ativar em seu organismo uma série de elementos positivos, que irão beneficiar sua saúde. Simples, fácil e barato. Por isso, dizemos, nossa saúde depende daquilo que fazemos no nosso dia a dia!

Crônicas “ Dicas de Vida”

Nossa vida no inverno

Prof. Dra. Debora Frizzo

Psicóloga, Coordenadora do curso de Psicologia e Pró-Reitora Acadêmica do Grupo Uniftec

Instagram: DeboraFrizzo




Deixe uma resposta