Categorias

EMEF Ernesto Dorneles desenvolve projeto “Alimentação Saudável”

12

A EMEF Ernesto Dorneles, neste ano, está desenvolvendo o projeto Alimentação Saudável que tem por objetivo propor uma aprendizagem interdisciplinar sobre o valor nutricional dos alimentos, além do desenvolvimento de receitas. A ação envolve alunos  do 6° ao 9° ano do Ensino Fundamental.

No decorrer das atividades, os alunos realizaram pesquisas sobre a composição nutricional dos alimentos e concluíram que o desperdício dos alimentos pode ser evitado. Com base nesse conhecimento, se possibilita reaproveitá-los, utilizando partes que possuem nutrientes importantes para a saúde.

No dia 07 de junho os alunos do sétimo ano prepararam receitas com o reaproveitamento de talos, folhas e cascas e promoveram uma deliciosa degustação, incluindo chás de ervas medicinais.

A diretora Mônica Beltrami conta que “desde que o projeto teve início na escola, os alunos foram cada vez mais envolvendo-se, especialmente no dia da degustação das receitas pesquisadas. Eles realmente aderiram ao projeto atuando no processo. Os estudantes fazem questão que os visitantes provem seus quitutes e deixem sua opinião, provam o que os colegas fazem e, desta forma, o dia fica muito mais gostoso, tanto no sabor quanto na confraternização”.

A professora responsável pelo Projeto, Thaís Zandonai Vilanova destaca que o trabalho é desenvolvido através de pesquisas e palestras. O objetivo é alcançado quando os alunos testam as receitas com as famílias e estas passam a integrar o cardápio no dia a dia. Para consultas posteriores, as receitas são agrupadas de acordo com o tema e a comunidade pode ler e consultar as mesmas na biblioteca escolar.

O aluno Nicolas Barella Buratti relata: “Por meio do projeto conheci a importância dos alimentos que a maioria das pessoas “bota” fora e nós  reaproveitamos as cascas, folhas e talos e o resultado são comidas deliciosas”!

Dando continuidade ao projeto os alunos desenvolverão receitas com os seguintes ingredientes:

6° ano: Chás e Plantas medicinais

8° ano: Sem lactose, sem glúten, sem açúcar

9º ano: Sementes oleaginosas

As atividades com a horta escolar também estão inseridas nesta proposta, e propõem que o educando aprenda o cultivo de hortaliças para que a partir da atividade de plantar, cuidar e colher passe a valorizar o consumo de uma alimentação saudável.

Para a implantação e reativação das Hortas Escolares, as Escolas Municipais recebem apoio da Secretaria Municipal de Educação, através do Projeto Olhar Atento – Alimentação saudável, realizado desde 2013, proporcionando aos alunos vivências e responsabilidades compartilhadas como plantar, cuidar, aguar e colher. Os gêneros escolhidos para o plantio primam pela variedade, buscando enriquecer a experiência dos estudantes em torno do cultivo da terra, e propiciando o acompanhamento do crescimento de diferentes vegetais que, colhidos, incrementaram a alimentação escolar.

Assessoria de Comunicação Social

Fotos: Divulgação/SMED




Deixe uma resposta