Escolas de Garibaldi participam de Encontro Nacional da Rede PEA-UNESCO

Duas escolas de Garibaldi têm a qualidade do ensino reconhecida pelo Programa de Escolas Associadas da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (PEA-UNESCO).

A primeira a ser reconhecida na Serra Gaúcha foi a EMEF Pedro Cattani, associada à rede há quatro anos. E em 2017, a EMEF Madre Felicidade também conquistou a certificação, que prioriza a qualidade e equalização da educação, sem distinção entre rede pública e privada.
Atualmente, 583 escolas integram a Rede PEA no Brasil, das quais 44% são escolas públicas. Quando a EMEF Pedro Cattani alcançou a certificação, em 2014, somente 16% eram escolas públicas.
Todos os anos, as escolas associadas devem cumprir requisitos determinados pela Unesco para permanecerem certificadas, como participar do Encontro Nacional da Rede PEA-UNESCO, para receber as orientações e temáticas a serem trabalhadas no ano subsequente, que serão: Ano Internacional das Línguas Indígenas e Ano Internacional da Tabela Periódica.
A secretária municipal de Educação, Simone Rosanelli Chies, a coordenadora pedagógica Silvana Pilatti e as diretoras das duas escolas do município associadas participaram do encontro nacional deste ano, que ocorreu em Salvador (BA), entre os dias 12 e 14 deste mês, reunindo mais de 800 educadores de todo o Brasil.
Também devem continuar sendo trabalhados nas escolas os temas: sustentabilidade, mudanças climáticas, cidadania global – cultura da paz, decênio da cultura afrodescendente (2015 a 2024), cultura maker, leitura e tecnologia e Agenda 2030, com 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.
“Para a educação de Garibaldi, aparecer no cenário nacional com duas escolas associadas à UNESCO é demonstrar à população a qualidade das escolas públicas municipais e isso é motivo de muito orgulho para a educação garibaldense”, Simone conclui.
Créditos das fotos: Divulgação



Deixe uma resposta