“É preciso ter a habilidade de conectar o passado ao futuro”

Referência em gestão, José Salibi Neto destaca a necessidade de reinvenção das empresas no panorama tecnológico atual

José Salibi Neto é um dos expoentes mais significativos em termos de gestão no Brasil – anda lado a lado com os maiores estudiosos do assunto no mundo inteiro, como Peter Drucker e o líder global Bill Clinton. Fundador da empresa pioneira em educação executiva no país, a HSM, Salibi tem em seu livro mais recente o guia que baliza suas palestras e workshops ministrados por todo o território nacional: a obra ‘Gestão do Amanhã’ faz uma leitura a respeito de modelos de se administrar um negócio, inovar e liderar de maneira assertiva – com foco no sucesso durante a chamada ‘4ª Revolução Industrial’. “A ideia é mostrar de onde viemos, onde estamos e para onde vamos”, destaca.

Incerto em sua essência, o amanhã provoca sentimentos dúbios em quem tenta planejá-lo. Por isso, Salibi busca nos modelos anteriores o suporte para compreender o futuro. “Os novos líderes precisam conectar as boas características do pensamento que vingava no século XX, como os preceitos da honestidade e da ética, mas também necessitam conectar-se às mudanças tecnológicas do século atual”, considera.

Na obra, o estudioso elenca tipos de lideranças que são essenciais nesse novo panorama. “Pensar de forma mais arrojada, usar de maneira mais incisiva a inteligência e menos o fator físico. Isso faz com que as empresas saiam do lugar comum, ‘largarem o osso’ dos modelos tradicionais”, aponta. E, apesar da evidente ruptura tecnológica, o conservadorismo de técnicas já ultrapassadas ainda persiste, segundo ele. “Um dos maiores exemplos é compararmos a chegada do serviço de streaming Netflix com a derrocada cada vez mais significativa de grandes emissoras de televisão aberta”, exemplifica.

Essa mudança nas relações mercantis muito se deve à análise que as novas companhias bem-sucedidas, com Uber e AirBnB, têm feito das demandas de seus públicos-alvo, personalizando o serviço prestado. “Passou a época de criar um produto e deixa-lo andar sozinho. Os gestores precisam compreender que as pessoas querem praticidade. O foco está em ganhar tempo”, lembra Salibi, ao citar como exemplo o aplicativo IFood – que entrega qualquer pedido à qualquer hora e local.

O dia a dia versus a inovação

Em uma analogia ao emblemático acidente marítimo protagonizado pelo navio Titanic, é possível entender que a estabilidade de uma empresa não está mais consolidada como era antigamente – e que a constante reinvenção é a principal marca do século XXI. Nesse contexto, o autor elenca dois motores que precisam ser devidamente distintos – e compreendidos – pelas lideranças atuais: o motor 1 é o do dia a dia, que faz a empresa funcionar, o protocolar. Já o motor 2 é o que movimenta um negócio, que inova, cria. “As empresas confundem esses dois conceitos, mas eles funcionam em separado. O motor pensante precisa trabalhar sem interferência, de modo paralelo às vendas, ao que acontece diariamente”, explica.

“Os pequenos varejos também devem buscar alternativas atuais”

Se os ensinamentos de Salibi são amplos e abrangem cases de grandes companhias consolidadas ao redor do mundo, eles também podem ser aplicados nos comércios do interior, como é o caso de Bento Gonçalves. “Os empreendimentos micro têm vantagens sobre as grandes empresas nesse cenário, pois a margem para tentativas é maior, a ousadia pode ser, proporcionalmente, mais eficaz”, enfatiza. A personalização e o foco na fidelização do cliente são alguns dos principais fatores a ser levados em conta por quem empreende e galga crescer.

José Salibi Neto em Bento Gonçalves

Trazendo toda a bagagem de conhecimento acerca do assunto, Salibi palestra no Centro Empresarial de Bento Gonçalves na próxima quinta-feira, dia 06 de junho, a partir das 19h30. O encontro é uma promoção da Câmara de Dirigentes Lojistas de Bento Gonçalves (CDL-BG) e do Centro da Indústria, Comércio e Serviços do município (CIC-BG). Os ingressos para associados às entidades custam R$ R$ 90,00 (ou R$ 350,00 para lotes de 05 unidades). Para não associados, o valor é R$ 120,00 (ou R$ 500,00 para lotes de 05). Aquisições e reservas com a CDL-BG, fone (54) 3455.0555 ou CIC-BG, fone 2105.1999.

SERVIÇO

O quê: Palestra com José Salibi Neto, sobre ‘Gestão do Amanhã’
Quando: 06 de junho, às 19h30
Onde: Centro Empresarial de Bento Gonçalves, na Alameda Fenavinho, 481
Quanto: Associados ao CDL-BG e CIC-BG: R$ 90,00 (individual) ou R$ 350 (lote de 05 ingressos). Não associados: R$ 120,00 (individual) ou R$ 500,00 (lote de 05 ingressos)
 Informações: na CDL-BG, pelo fone (54) 3455.0555, ou no CIC-BG, pelo (54) 2105.1999




Deixe uma resposta

hasiltogel.xyz