“É uma conquista da comunidade”

78

Presidente do Esportivo no ano do centenário e da volta à elite ao futebol gaúcho, Anderson Zanella diz que sucesso do clube se deve ao trabalho coletivo

Depois de cinco anos vivendo o verdadeiro Gauchão raiz, o Esportivo está de volta entre os grandes do futebol do Rio Grande do Sul. Foi um período difícil, oscilando entre campanhas fracas e outras em que o acesso à elite bateu na trave. Mas 2019 tinha que ser diferente. Principalmente porque, no ano do centenário, coroar essa simbólica data recolocando o clube que já foi campeão do interior na elite, era mais do que um objetivo, era uma questão de honra. “É inenarrável”, resume o presidente do clube, Anderson Zanella, sobre estar à frente do clube neste momento histórico do alviazul.

O título da Segundona acabou não vindo – ficou com o Ypiranga -, mas o principal estava feito. Zanella vive um misto, como diz, de emoção e orgulho. Principalmente pelo sentimento de dever cumprido. “Era uma cobrança, uma pressão muito grande da comunidade para conquistarmos o acesso neste ano”, reconhece. O dirigente sabia da responsabilidade que o cargo lhe exigiria, ainda mais potencializado pelo peso dos 100 anos do Esportivo, uma das mais longevas entidades de Bento Gonçalves e, talvez ao lado do Centro da Indústria, Comércio e Serviços, a única a atingir tal feito. “Eu sempre frisei que o clube é muito grande, é muito forte, e a conquista foi fundamental no sentido de um projeto construído a muitas mãos. Eu brinco que o clube tem um presidente porque o estatuto obriga, mas na verdade tudo foi construído e desempenhado a muitas mãos, então é uma conquista da comunidade como um todo”, comenta.

O presidente do Esportivo estabelece, de fato, uma analogia entre o clube e uma entidade, e diz que é preciso que o trabalho tenha uma sequência para se fortificar. “O futebol, como em todas entidades que têm sucesso, que conquistam mais a cada ano, é porque mantém uma sequência de trabalho”, analisa.

O mandato de Zanella à frente do clube se encerra ao final do ano. Para ele, a sucessão precisa ser encaminhada de forma transparente, de modo que haja uma sequência de trabalho em prol do clube e de tudo o que ele representa. “O Esportivo é uma marca que se confunde com Bento Gonçalves, é uma das maiores bandeiras do município, senão a maior”, diz. Por isso, acredita que o time que estará entre os 12 grandes da elite do futebol do Estado precisa de um elemento essencial para que repita o sucesso deste ano: identificação. “Acho que precisamos de atletas que tenham identificação com o clube, com a história da cidade”, defende. 

Nesta e na futura caminhada, Zanella sabe que, tão importante quanto a identificação dos atletas com o clube, é o apoio da comunidade. Um apoio que tem sido cada vez maior, como a torcida demonstrou no decorrer da competição.  “Precisamos sempre do torcedor apoiando no estádio, mas também colaborando de outras formas. Acho que o maior envolvimento é baixar o aplicativo e ser sócio do clube a partir de R$ 18 mensais. A melhor maneira de participar do centenário é colaborar e viver esse momento tão especial participando do clube”, comenta o presidente.

A campanha

Nos 20 jogos disputados, o Esportivo venceu nove, empatou seis e perdeu três. Ao todo, a equipe fez 26 gols e sofreu 20. O artilheiro foi o atacante Zulu, com seis gols. 

1ª Rodada – Esportivo 3 x 0 Ypiranga

2ª Rodada – São Borja 0 x 0 Esportivo

3ª Rodada – Glória 3 x 1 Esportivo

4ª Rodada – Esportivo 1 x 0 Tupi

5ª Rodada – União Frederiquense 0 x 1 Esportivo

6ª Rodada – Passo Fundo 0 x 1 Esportivo

7ª Rodada – Esportivo 2 x 1 Igrejinha

8ª Rodada – Igrejinha 1 x 0 Esportivo 

9ª Rodada – Esportivo 3 x 1 Passo Fundo

10ª Rodada – Esportivo 2 x 1 União Frederiquense

11ª Rodada – Tupi 0 x 0 Esportivo

12ª Rodada – Esportivo 1 x 1 Glória

13ª Rodada – Esportivo 2 x 3 São Borja

14ª Rodada – Ypiranga 0 x 0 Esportivo

Quartas de final

Jogo de ida – Lajeadense 1×2 Esportivo

Jogo de volta – Esportivo 2×2 Lajeadense

Semifinal

Jogo de ida – Guarani-VA 1×2 Esportivo

Jogo de volta – Esportivo 1×1 Guarani-VA

Final

Jogo de ida – Ypiranga 2×1 Esportivo

Jogo de volta – Esportivo 1 x2 Ypiranga




%d blogueiros gostam disto: