Em época de frio, abordagem social de pessoas em situação de rua é intensificada

Para promover o acesso de pessoas que vivem em situação de rua aos serviços socioassistenciais e às demais políticas públicas, o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), órgão vinculado à Secretaria de Habitação e Assistência Social, atua por meio do Serviço Especializado de Abordagem Social (SEAS). Devido à chegada das baixas temperaturas, a abordagem e a busca ativa dessas pessoas está sendo intensificada.

A coordenadora do CREAS, Silvana Romagna, ressalta que “a grande maioria das pessoas abordadas já possuem cadastro junto ao CREAS. O trabalho de abordagem social é desenvolvido sistematicamente, porém, em decorrência da mudança de temperatura, com a chegada do inverno e as baixas temperaturas, estão sendo percorridos vários locais estratégicos, com maior concentração de pessoas em situação de rua e vulnerabilidade. Os munícipes também podem contribuir acionando o serviço”.

Durante a última semana, a equipe do SEAS acompanhada do secretário de Habitação e Assistência Social, Eduardo Virissimo, esteve em vários pontos da cidade, divulgando para a população de rua à rede de serviços e benefícios socioassistenciais, bem como a possibilidade de utilização da Casa de Passagem.

Alternativa para os dias mais frios do inverno, no local, os acolhidos podem tomar banho, dormir e serem inseridos nas políticas públicas. O espaço localizado no bairro Maria Goretti foi inaugurado em junho, e acolhe em média 10 pessoas por dia. O período de permanência é das 19h às 7h.

Através da abordagem, os profissionais objetivam criar um vínculo de confiança e, a partir disso, construírem um caminho de superação das vulnerabilidades e riscos. Busca-se, através desse contato, ouvir as pessoas, entender seus desejos, demandas e necessidades, com o intuito de construir o processo de saída das ruas e atender as demandas conforme a realidade de cada caso.

São oferecidos encaminhamentos para tratamentos de saúde (UBS, UPA, CAPS AD, CRMI, SAE-CTA), confecção de documentação (RG, CPF, CTPS), para outros pontos da rede socioassistencial (ACESSUAS, CRAS, CADUnico), para políticas de populações específicas (migrantes, indígenas, idosos e crianças), contatos com familiares e ainda para oportunidades de emprego.

A Casa de Passagem possui espaço para 25 pessoas e conta com quartos, cozinha, sala, banheiro e lavanderia e está localizada Rua Francisco Navarini, 136, no bairro Maria Goretti. O telefone para contato é (54) 99167-9456.

Assessoria de Comunicação Social da Prefeitura

Foto: José Martim Estefanon 




Deixe uma resposta

hasiltogel.xyz