Encontro discute oportunidades de inclusão da UFRGS na Serra

Nesta quarta-feira, 02, uma comitiva da Serra Gaúcha esteve reunida em Porto Alegre com o Reitor da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Rui Vicente Oppermann. O objetivo do encontro foi dar andamento no projeto para instalação do Campus na Serra. Na ocasião, foram debatidas estratégias para materialização do pleito e a ampliação de projetos da universidade na região.

 

Estiveram presentes o Prefeito Guilherme Pasin, Presidente da AMESNE, Waldemar De Carli, prefeito de Garibaldi, Antônio Cettolin, ex-prefeito de Nova Araça, Aicaro Ferrari, Presidente CIC/BG, Elton Gialdi, da CIC/Garibaldi, Alexandra Nicolini Brufatto. Além da vice-reitora, Jane Tutikian, Diretor do Parque Cientifico e Tecnológico da UFRGS, Marcelo Lubaszewski, Superintendente de Infraestrutura, Edy, pró-reitor de Pesquisa, Luis Lamb, chefe de Gabinete do Reitor, João Roberto Braga Mello.

 

O Reitor Rui Oppermann reafirmou o desejo de instalar o Campus da Universidade na Serra, mas que o momento econômico da instituição não permite expansão de unidades. “Nossa parceria com a Amesne não é apenas na decisão da instalação do Campus, mas também na construção da identidade da Universidade na região. Entendemos que a interação da universidade com a cultura e o meio produtivo da Serra precisa ser incentivada desde já, para que no futuro possamos materializar a unidade”, afirma.

 

Ainda conforme o Reitor o objetivo é “iniciar o processo de aproximação da Universidade com a região com a busca de alternativas que beneficiem o coletivo, e proporcionem o desenvolvimento”, concluí.

 

Neste sentido, o Diretor do Parque Cientifico e Tecnológico da UFRGS, Marcelo Lubaszewski apresentou o trabalho realizado no local, que desde 2012, atua como agente promotor de Inovação e Empreendedorismo. “Temos uma oportunidade grandiosa de ampliação de atuação para Serra Gaúcha, podemos trabalhar capacitação, incubação de empresas e a inovação, assuntos presentes nessa comunidade”, disse.

 

Desde 2015, a AMESNE apresentou como alternativa para instalação do Campus uma área da Embrapa Uva e Vinho no Vale dos Vinhedos. “Este é um pleito de várias gestões da AMESNE, e da nossa comunidade e estamos na busca da melhor solução”, destacou o presidente eleito, Waldemar De Carli.

 

Para o Prefeito Guilherme Pasin, a região só tem a ganhar com a parceria com a Universidade.  “Ficamos contentes com o resultado desse encontro, que nos abre um leque de oportunidades para atuação da Universidade na Serra Gaúcha e um significativo avanço para futuramente termos um Campus na região”, finaliza.

 

 

Foto: Emanuele Nicola




Deixe uma resposta