Nova Unidade da Vinícola Aurora é inaugurada em Bento

Foi realizada nesta quarta-feira, 01 de maio, a inauguração da nova Unidade da Cooperativa Vinícola Aurora, no Vale dos Vinhedos. O evento contou com a participação de mais de três mil pessoas, entre associados, funcionários, convidados e autoridades. Participaram do evento o Governador, Eduardo Leite, o Prefeito Guilherme Pasin, Deputados Federais, Jeronimo Goergen, Pedro Westphalen, Presidente da Assembleia, Luis Augusto Lara, Deputado Neri o Carteiro. Além da secretária de Relações Federativas e Internacionais, Ana Amélia Lemos, vice- prefeito, Aido Bertuol e o Presidente da Câmara de Vereadores, Rafael Pasqualotto.  


A Aurora é a maior cooperativa vinícola do Brasil, com 1,1 mil famílias associadas. O investimento na nova unidade de 14 mil m² é de R$ 20 milhões, e o espaço irá concentrar a produção e a expedição dos sucos de uva e vinhos de mesa. Dessa forma, a matriz ganhará mais fôlego e capacidade para expandir a produção dos vinhos e espumantes finos.

A fábrica conta com tecnologia de ponta, inclusive com processos robotizados para o recebimento de uva e processo de expedição, além de certificados de sustentabilidade. “Estamos inaugurando uma fábrica modelo, com alta tecnologia, certificada como sustentável, em pleno Vale dos Vinhedos, que vai absorver a produção e o envase dos nossos sucos de uva integrais. Mais uma vez, a Aurora faz história no setor vitivinícola do Brasil”, afirma o presidente da Aurora, Itacir Pedro Pozza.

O presidente da Assembleia, deputado Luís Augusto Lara, saudou os trabalhadores da Serra gaúcha e, em especial, da cooperativa. “Vocês são o verdadeiro símbolo de trabalho, de dedicação e de luta”, exaltou.

Em seu pronunciamento o Prefeito Guilherme Pasin exaltou o trabalho realizado pelas 1,1 mil famílias associadas a cooperativa. “É algo que ultrapassa as paredes deste local, são famílias que sobrevivem e desenvolvem o setor. O reconhecimento desta obra, marco do empreendedorismo daqueles que fazem pelo estado do Rio Grande do Sul e país”, destaca.

Pasin ainda ressaltou um pleito antigo do setor. “Este é um ano diferente, um ano em que as forças se aliam em prol de nossa sociedade e assim conseguiremos fazer com que a mais invasiva e ofensiva ferramenta de constrangimento ao empreendedor do mundo do vinho saía da nossa pauta e dos nossos discursos. Este será um ano que nós afastaremos de vez a substituição tributária do mundo do vinho, um pleito de mais de 30 anos no mínimo”, afirma.

O setor pede a exclusão do regime de substituição tributária para produtos vitivinícolas, alegando que o mecanismo onera a indústria nacional por ter de antecipar o recolhimento do ICMS antes da venda para o consumidor.

Pleito atendido pelo Governador Eduardo Leite, que em seu pronunciamento anunciou a revisão da substituição tributária do setor vitivinícola. “É uma demanda do setor, capaz de dar mais competitividade aos empreendedores. Já estamos negociando e, muito em breve, vamos anunciar mudanças”, detalhou.

As atividades da nova fábrica, que fica no Vale dos Vinhedos, estão previstas para ter início neste semestre. Há, ainda, previsão de implantar uma nova linha de envase para mais 10 mil garrafas por hora até o final de 2021. Com essa projeção, a nova fábrica terá capacidade produtiva de 40 mil litros por hora.  




Deixe uma resposta

hasiltogel.xyz