Soberanas coroadas e trajes homenageiam Carlos Barbosa e FestiQueijo

A 35ª Noite do Queijo e do Vinho, evento promovido pelo Lions Clube de Carlos Barbosa, no sábado, dia 01 de junho, foi marcada por muita alegria e emoção, com a apresentação oficial dos vestidos e coroação das soberanas da 30ª edição do FestiQueijo. Os trajes oficiais homenageiam os 60 anos do Município e a 30º edição do FestiQueijo.

A Senhorita FestiQueijo Bruna Damiani e a sua Dama de Companhia Taís Seibel desfilaram com os trajes criados pela estilista Alesandra Dalcin Toniazzi e confeccionados pelas costureiras Lourdes e Zelinda Zarpelon. Após o desfile, ocorreu a coroação das soberanas da 30ª edição do FestiQueijo. A Dama de Companhia, Taís recebeu a coroa e flores das mãos de Liane Misturini Possamai, esposa do Presidente do 30º FestiQueijo, César Possamai.

Já a Senhorita FestiQueijo Bruna recebeu sua coroa pelas mãos da Primeira-Dama do Município Denise Maria Feyh, que também lhe entregou flores. Após a coroação as soberanas fizeram seu primeiro discurso, não contiveram as lágrimas, que emocionou o público presente.

Em seu discurso a Senhorita FestiQueijo Bruna Damiani, agradeceu a toda sua família por toda a força necessária e aos colegas e amigos de trabalho, que lhe ajudaram a tornar esta oportunidade possível. A Dama Taís, também deixou seu agradecimento a família, por entenderem as ausências nos últimos meses e a empresa Tramontina, por flexibilizar e compreender as suas saídas. Ao final ambas agradeceram ao Prefeito Evandro Zibetti e ao Lions Clube por proporcionarem este momento.

Os Trajes

2019 é um ano muito marcante para nosso município, pois comemoramos 60 anos de emancipação e também a 30ª edição do Festiqueijo, nossa maior festa.

Com a assinatura da Lei nº 3831, em 25 de setembro de 1959, o então Governador do Estado criou o município de Carlos Barbosa e o primeiro ato administrativo, assinado pelo então prefeito José Chies, instituiu a proteção do município à Nossa Senhora Mãe de Deus, padroeira oficial da comunidade.

Independente de religião, credo ou crença, o que nos move e nos faz ter esperança é a fé. Fé no trabalho, na comunidade, nas pessoas. São 60 anos de fé e crescimento que comemoramos em 2019, por isso, os trajes das nossas soberanas tem inspiração católica na modelagem, nos bordados e na capa, homenageando esse primeiro ato administrativo.

As cores utilizadas, são as que representam o município através do símbolo da Bandeira, que também traz desenhos que simbolizam a agricultura e a metalurgia. Esses setores estão inseridos nos desenhos das rendas aplicadas em todo o vestido e rebordados manualmente com pedrarias nos tons de dourado e azul.

Texto e fotos: Jaqueline Camillo




Deixe uma resposta

hasiltogel.xyz