Governo aponta concessão de rodovias como alternativa para melhorar malha viária regional

96

Em encontro realizado na CIC Garibaldi, o Secretário Estadual de Logística e Transportes entregou um anteprojeto ao prefeito Antonio Cettolin para melhoria do acesso ao Bairro Tamandaré

A principal proposta para a melhoria da malha viária regional é concessão de rodovias para a iniciativa privada, com a implantação de uma praça de pedágio em São Vendelino. A sugestão foi apresentada pelos secretários de Estado Juvir Costella (Logística e Transportes), Claudio Gastal (Governança e Gestão Estratégica) e Bruno Vanuzzi (Parcerias).

Eles estiveram na CIC Garibaldi na tarde de segunda-feira, 10 de junho, em encontro promovido pela Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs), juntamente à Associação dos Municípios da Encosta Superior do Nordeste (Amesne), com o apoio da entidade.

Prefeitos, vereadores, representantes de entidades e lideranças empresariais participaram do evento que debateu a necessidade de recuperação, duplicação e concessão de rodovias na Serra Gaúcha. O presidente da CIC, Tobias Debiasi, acompanhou a apresentação da sugestão que possibilitaria investimentos nas rodovias ERS 122 (São Vendelino – Farroupilha), 446 (São Vendelino – Carlos Barbosa), 453 e 813 (Garibaldi e Farroupilha).

O prefeito de Garibaldi e presidente da Famurs, Antonio Cettolin, disse que a região precisa de melhor infraestrutura para manter seu desenvolvimento, além de dar condições de segurança para os usuários das rodovias e para que as empresas possam transportar sua produção.

“Nos últimos tempos tivemos notícias de que a prefeitura de Farroupilha assumiu a recuperação da ERS 122 e as prefeituras de Garibaldi e Carlos Barbosa estão fazendo o mesmo com a ERS 446. Entendemos as condições que o Estado enfrenta, mas nós temos que agir”, destacou.

Durante o encontro, Costella também anunciou que entregou ao prefeito Cettolin um anteprojeto para melhorar o acesso ao Bairro Tamandaré (via ERS 453), diminuindo os riscos de quem precisa acessar ou sair da localidade.




%d blogueiros gostam disto: