Jornal Cidades da Serra - Bento Gonçalves - Rio Grande do Sul - Brasil
Série Entrevistas – Jornal Cidades entrevista a secretária de Educação de Garibaldi – Simone Rosanelli Chies.
By Volben Propaganda On 19 mar, 2017 At 12:07 PM | Categorized As Educação e Cultura, Slider Inicial | With 0 Comments

A Secretária Municipal de Educação de Garibaldi, Professora Simone Rosanelli Chies, é a entrevistada da semana. Está à frente de uma equipe de asses-sores e professores qualificados. A Secretaria Municipal de Educação deixa bem exposta a visão de “ser uma rede de ensino de excelência, reconhecida pela comunidade e região, tendo por base o princípio da qualidade na diversidade”. A missão “ é oferecer educação de qualidade que assegure a formação dos alunos/cidadãos comprometidos com a vida e socialmente responsáveis.”

JCIDADES: Como se apresenta o calendário educativo para o exercício de 2017?
SIMONE: Educação Infantil (03 a 3 anos – creches) iniciamos as atividades em 01/02, com os profissionais e 06/02 com as crianças, lembrando sempre que a tríade da educação infantil é CUIDAR, BRINCAR e EDUCAR, por isso os profissionais terão, durante o ano, vários encontros de aperfeiçoamento da prática pedagógica, visando sempre o desenvolvimento integral das crianças. O término das atividades e do atendimento do será em 22/12/2017.

JCIDADES: Ensino Funda-mental – o atendimento administrativo escolar iniciou em 01/02. Os docentes iniciaram com reuniões e planejamento em 16/02, sendo que em 17/02, tiveram o primeiro encontro de formação pedagógica.
O planejamento aponta novidades para o setor educacional de Garibaldi?
SIMONE: Temos um novo Programa denominado Valores Humanos – Escola e Família juntas na Educação. Percebemos que um número expressivo de famílias estão um tanto afastadas das Escolas e que as precisamos junto da Escola com um objetivo uníssono na educação das nossas crianças e jovens.
Diante desse propósito a SMED propôs aos docentes nove encontros deformação de Estudos Pedagógicos sobre o tema Valo-res, os quais serão desenvolvidos ao longo do ano letivo, subsidiando-os para trabalharem com os alunos e os pais.
Também já estão sendo desenvolvidas palestras show sobre Valores com todos os alunos e todos os pais, cada um em suas Escolas. Este é um Programa abrangente e com previsão de quatro anos de duração, para atingirmos resultados positivos de mudanças de comportamentos.

JCIDADES: Todas as necessidades de acolhimento de alunos nas escolas foram atendidas ?
SIMONE: Todos de pré-escola de 4 e 5 anos e ensino funda-mental e EJA estão inseridos em Escolas. O que ainda está ocor-rendo é um movimento migratório no município, o que ainda causa procura por vagas – matrículas.
Com o período letivo já iniciou desde 20/02, e as turmas estão formadas, ocorre, muitas vezes, que não conseguimos acomodar os alunos na Escola mais próxima da residência, mas to os têm garantia de vaga.

Atualmente nas Escolas municipais, temos a seguinte realidade:
– 06 escolas de educação infantil: 520 alunos, mais 100 de chamamento público, totalizando 620 crianças de zero a três anos atendidos.
– 08 escolas de ensino fundamental: 470 crianças de 04 e 05 anos e 1590 alunos de ensino fundamental, incluindo a EJA.
Total de alunos atendidos em todas as unidades escolares 2680.
– Algumas escolas no interior não mais funcionam devido a vários fatores.

JCIDADES: Como a Secretaria vem atuando para acolher os alunos que necessitam se deslocar de suas localidades para estudar na sede ou em outra comunidade?
SIMONE: Atualmente só temos uma Escola na Comunidade de São José de Costa Real
– Linha Presidente Soares – com 12 alunos em classe multisseriada, atendidos por uma professora da própria comunidade. Os alunos de todas as comunidades do interior que não têm uma municipal ou estadual, são transportados para educandários da sede do município, inclusive alunos do ensino médio.

JCIDADES: As vagas nas Creches Municipais também foram preenchidas?
SIMONE: Como mencionei anteriormente, o movimento migratório no município é significativo e isso ainda está gerando ajustes de matrículas na educação infantil (creches).
Algumas famílias saem do município, outras chegam, muitos pais não realizaram inscrições em tempo hábil, estão procurando as Escolas nos meses de fevereiro e março, ocasionando dificuldades de acomodação de todas as crianças. Cremos que no final de março teremos uma realidade educacional mais concretizada. No entanto, pela procura que estamos tendo nos últimos dois meses, principalmente de bebês até uma ano,talvez ficaremos com uma lista de excedentes em torno de 40 crianças.

JCIDADES: As campanhas de incentivo e conscientização serão mantidas no decorrer do ano?
SIMONE: O nosso Projeto macro, Garibaldi: município leitor, iniciado desde 2013, está em ascensão. Os programas de leitura, contação de histórias, maletas literárias, pare e leia das Escolas é realizado desde o berçário e conta também com atividades para pais; 14 empresas participam do projeto com suas salas de leitura e lançadas no último dia 13/02, as Casinhas Literárias, instaladas ao longo da Rua Buarque de Macedo. Um exemplo de que a população está, cada vez mais, se inserindo nesse projeto. Estamos vendo a possibilidade de cadastrar mais uma Escola na UNESCO, pois Garibaldi se destaca por ter duas Escolas municipais – Pedro Cattani e Madre Felicidade – certificadas pela UNESCO. Isto demonstra a ótima qualidade do nosso ensino. Nossa Visão é ser reconhecida como uma rede de ensino de excelência.
As demais campanhas, todas serão mantidas em desenvolvimento: Paz na Escola, Respeito à Diversidade, Caminhada contra a Violência e ao Abuso Infantil, Campanha contra a Dengue, Zica e ChiKungunya, Campanha de Vacinas HPV, Meningite na Escolas, Semana da Pátria, Farroupilha, Trânsito, mais os projetos específicos de cada Escola.

 

por Benito Rosa /Foto: Jornal Cidades da Serra

 

Leave a comment

XHTML: You can use these tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>


%d blogueiros gostam disto: