Rotas turísticas de Garibaldi ganham destaque em Fórum de Gramado

75

O Secretário de Turismo e Cultura de Garibaldi, Paulo Salvi, participou na última sexta-feira, 10 de maio, do II Fórum Gramado de Estudos Turísticos. O evento, que ocorreu de 09 a 11 de maio, propôs um debate sobre os aspectos da evolução do turismo.

Destinado a gestores públicos, profissionais e estudantes, defendendo a sustentabilidade da atividade a partir de um ponto principal: o turismo como ciência a partir do desenvolvimento sustentável de um destino.

Na edição 2019, foram discutidos e analisados temas de grande relevância: política externa do Mercosul; como preparar o país para a inteligência artificial; identificação de nichos de mercado nos destinos para qualificar a economia turística; a força do turismo religioso e místico; a experiência das autarquias; entretenimento como produto; mobilidade urbana e sustentável.

Durante o painel “Enoturismo como mola propulsora da economia no Brasil”, realizada pela ex-secretária de Turismo e Cultura de Garibaldi e atual presidente da Associação Internacional de Enoturismo (Aenotur), Ivane Fávero, o Vale dos Vinhedos recebeu destaque como principal destino enoturistico do Brasil. E Garibaldi por eventos como o Vintage, Fenachamp, as rotas turisticas como Estrada do Sabor, Rota dos Espumantes e Cinematográfica.

Entre os palestrantes, além de Michel Lemieux, criador dos espetáculos Cirque du Soleil e Cité Mèmoire, destaque também para a portuguesa Dra. Lília Ana Águas, membra da Direção da Associação Rota da Bairrada em Portugal;  Silvonei José, Doutor em Comunicação e a voz do Papa no Brasil, falando sobre turismo religioso; Valdir Steglich, presidente da Escola do Teatro Bolshoi no Brasil; o chileno Ramón Bahamonde Cea, prefeito da cidade de Puerto Varas, também participou.

O secretário Paulo, destaca a participação no evento como uma experiência valiosa, com a apresentação de palestras e cases de sucesso de destaque, principalmente na questão do enoturismo, no qual o nosso município tem estruturado seu foco e rotas.

Também ressalta que, embora a nossa região receba grande número de visitantes, em busca de novas experiências, ainda carecemos de dados estatísticos para mensuração, não somente da quantidade e origem dos turistas, mas para que estas informações possam nos dar diretrizes para agirmos de forma mais assertiva na qualificação do destino. “O turista atual, na sua maioria, busca um turismo de aprendizagem e não apenas contemplativo”, afirma Paulo.

O Fórum Gramado de Estudos Turísticos foi uma realização do SindTur Serra Gaúcha e contou com o apoio da Prefeitura de Gramado e da Câmara de Vereadores de Gramado.


Dra. Lília Ana Águas, Paulo Salvi e Ivane Favero



%d blogueiros gostam disto: