Bento passa a contar com mais 14 câmeras de videomonitoramento

160

Foi realizado nesta segunda-feira, 16, no Palácio Piratini a formalização do início do processo da implantação do Cercamento Eletrônico em 36 municípios do Estado. Bento Gonçalves receberá 14 câmeras, que totalizam R$ 621.921,02. O Secretário de Segurança, Diego Caetano participou da cerimônia. 

São mais de R$ 18 milhões, oriundos da bancada Gaúcha, investidos em sistemas de videomonitoramento. O valor é parte dos mais de R$ 67 milhões em recursos de emenda parlamentar, aprovada em 2017, somados a uma contrapartida de R$ 6,3 milhões do Estado, num total de R$ 73,6 milhões em investimentos.

Os recursos viabilizaram o reforço da Segurança Pública do RS com viaturas, armas e equipamentos.A emenda da bancada federal, com contrapartida do Estado, também prevê investimento de R$ 12,2 milhões em armamento para a BM, em equipamentos de informática para o Departamento de Comando e Controle Integrado (DCCI) e no reaparelhamento do Departamento de Inteligência da Segurança Pública (DISP) da Secretaria da Segurança Pública (SSP).

Em Bento Gonçalves, através da administração Municipal, foram instaladas 43 câmeras de videomonitoramento, dessas, oito estão com o sistema LPR, que realiza a identificação de veículos furtados e roubados. Além disso, a Prefeitura instalou 240 quilômetros de fibra ótica, possibilitando o monitoramento das comunidades do interior.

O Poder Público também é responsável pela manutenção de todas as câmeras de videomonitoramento.

O monitoramento é realizado no Centro Integrado de Operações, instalado na sede do 3º Batalhão de Policiamento em Áreas Turísticas (3º BPAT).

Cercamento eletrônico na região

O cercamento eletrônico na região iniciou com a compra de 45 câmeras  através do Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento Sustentável da Serra Gaúcha (CISGA).

Assessoria de Comunicação Social Prefeitura
Foto: Itamar Aguiar / Palácio Piratini




%d blogueiros gostam disto: