Funcionamento e diferenciais da educação a distância do IFRS são apresentados a outros Institutos Federais do País

910

Gestores de EaD de quatro estados brasileiros passaram três dias em Bento Gonçalves para buscar conhecimentos e trocar experiências

O funcionamento e os diferenciais da Educação a Distância (EaD) do Instituto Federal do Rio Grande do Sul (IFRS) foram apresentadores para outros IFs de diferentes estados brasileiros no período de 23 a 25 de setembro de 2019. Gestores de EaD de seis instituições da Rede Federal passaram três dias em Bento Gonçalves para buscar conhecimentos e trocar experiências.

A Educação a Distância do IFRS vem registrando um grande crescimento, tanto nas opções de cursos ofertados – todos gratuitos – quanto no número de estudantes inscritos. De 22 cursos no segundo semestre do ano passado, as opções passaram para 71 atualmente, nas áreas de ambiente e saúde, ciências exatas e aplicadas, educação, gestão de negócios, informática, produção alimentícia, turismo e hospitalidade. Já o número de alunos subiu de 15 mil para mais de 290 mil.

A coordenadora de Educação a Distância do IFRS, Júlia Marques Carvalho da Silva, destaca que a visita dos gestores oportunizou “momentos únicos de troca de experiências”. “O IFRS destaca-se no âmbito nacional ao centralizar suas ações de EaD em experiências nas disciplinas semipresenciais, cursos de extensão e capacitacões de servidores. Ações essas que somente são possíveis quando realizados trabalhos integrados com os demais setores da instituição”, observa Júlia.

Uma das visitantes, a professora Vanessa Battestin, do Centro de Referência em Formação e em Educação a Distância do Instituto Federal do Espírito Santo (IFES), destaca a importância dessas atividades de troca de vivências, avaliando que “são momentos como esses que nos fazem crescer, aprender, ajudar, trabalhando em Rede”. Vanessa completou: “Apesar de o IFRS ter uma estrutura muito pequena da EaD, se comparado com a maioria das outras instituições, o trabalho desenvolvido na EaD é modelo de inspiração para todo o país. Um exemplo de produtividade e eficiência”.

Integraram o grupo os representantes dos Institutos Federais do Amapá (Ifap), professor Marcos Almeida; Espírito Santo (Ifes), Vanessa Battestin; Paraná (IFPR), Nelson Neto; e do IFFarroupilha, cuja Reitoria está sediada no município gaúcho de Santa Maria, Monique da Silva.

Sobre os cursos EaD do IFRS

Os cursos de extensão ofertados a distância pelo IFRS são abertos a qualquer interessado (não é necessário ser aluno do IFRS), com aulas online. Têm flexibilidade de horário e geram certificado aos aprovados. Os interessados podem se inscrever e já iniciar as aulas. No total, são mais de 70 opções, todas gratuitas, com cargas-horárias de 4 a 90 horas. É permitido realizar mais de um curso simultaneamente.

As inscrições são gratuitas e feitas pelo próprio estudante diretamente no ambiente virtual. Para se inscrever é preciso ter CPF próprio e conta de e-mail. Os interessados devem ficar atentos aos requisitos mínimos de cada curso.

Todas as opções e mais informações estão disponíveis no Moodle ou no site da Coordenação de Educação a Distância do IFRS: ead.ifrs.edu.br.




Deixe uma resposta