Garibaldi teve palestra sobre Alimentos vitais

83

As palestras destinadas aos multiplicadores ambientais de Garibaldi neste ano têm as especiarias como tema.

A primeira oficina ocorreu na última quarta-feira, dia 14, quando a bióloga mestranda em biotecnologia Luana Minello abordou a nutracêutica dos alimentos vitais, ou seja, os benefícios dos componentes fitoquímicos dos alimentos à saúde e possíveis curas de doenças.

Luana explicou sobre a importância de probióticos (como kombucha, kefir e rejuvelac) e prebióticos (frutas, vegetais e fibras) na dieta humana. O trato gastrointestinal humano é colonizado por um complexo ecossistema de microorganismos. A microbiota intestinal desempenha as funções vitais do hospedeiro, incluindo o estado imunológico e nutricional, ajudando na manutenção da saúde.

A alimentação viva busca a conexão do ser humano à natureza, fonte primordial de alimentos. “Ao reduzir o consumo de alimentos processados, ricos em pesticidas, conservantes, açúcares e gorduras, diminuímos o risco de doenças”, explicou a ministrante

As especiarias podem vir de qualquer parte da planta, como folhas, sementes ou flores, usadas para aromatizar alimentos. “Por isso, são consideradas a alma da preparação e saber dosá-las é uma das grandes artes da gastronomia”, concluiu.

Confira o cronograma das próximas oficinas sobre o tema:

24/09 – Condimentos, ervas, especiarias e temperos

Palestrante: Andrea Klein Rissi (nutricionista)

Horário: 9h às 12h e 13h30 às 16h

Local: IEE Irmã Teofânia (salão de festas)

04/10 – Massalas (preparados de especiarias da culinária indiana) e chás

Palestrante: Teresinha Conte

Horário: 9h às 16h (prática com almoço)

Local: IEE Irmã Teofânia (salão de festas)

07/11 – Plástico: um resíduo resistente

Palestrante: Cláudia Schneider Maffei

Horário: 9h às 12h

Local: IEE Irmã Teofânia (salão de festas)
Crédito das fotos: Ana Paula Biondo




Deixe uma resposta