Pequenos pacientes agora podem ‘dirigir’ dentro do Tacchini

2247

Há um ano e meio, a pequena Ágatha vem de Guaporé acompanhada de sua mãe, Márcia, para realizar tratamento no Hospital Tacchini. Na semana passada ela foi recepcionada de forma diferente pelas equipes assistenciais que a atendem. No entanto, quem primeiro entrou em ação foi a Branca de Neve, que fez questão de buscá-la na recepção. De lá, a menina saiu dirigindo um carro infantil elétrico, seguindo para o local do tratamento, o que chamou a atenção de todos. “Ela vem tranquila e faz tudo o que as enfermeiras pedem, embora o furo da agulha deixa ela triste, chateada. Desta vez, porém, foi diferente. Ela já saiu mostrando suas unhas pintadas e dirigindo o carrinho. Nem parecia estar no hospital”, conta a mãe.

Ágatha foi a primeira criança a fazer uso do carrinho elétrico, doado pelo empresário Rogério Pulga, que integra o Conselho Jovem do Hospital Tacchini. A doação aconteceu recentemente, sendo acompanhada pelo presidente do Conselho de Administração, Emilio Ristow, além de gestores e equipes assistenciais. O ‘veículo’ já foi colocado à disposição dos pequenos pacientes que chegam ao Hospital Tacchini para determinado tipo de exame ou procedimento cirúrgico, bem como por aqueles que estão recebendo alta da UTI Pediátrica ou hospitalar.

Com efeitos que lembram o barulho de motor e buzina, o Jeep tem cinto de segurança e dispositivo musical e pode ser guiado pelas próprias crianças, sempre monitorados pela equipe de enfermagem e com autorização dos pais ou responsáveis. Na forma de um modelo Jeep, o pequeno veículo é mais um diferencial no atendimento às crianças, indo ao encontro dos propósitos da Instituição, que busca proporcionar uma experiência cada vez mais positiva aos pacientes. De forma lúdica, afasta do mundo infantil a seriedade do ambiente hospitalar.

Rádio Estação FM 89.5 | Régis Beretta Genehr




%d blogueiros gostam disto: