PROGRAMA DAS AGROINDÚSTRIAS FAMILIARES DE BENTO SERÁ CASE DE PROJETO DA EMATER

80

Bento Gonçalves segue ganhando destaque devido aos seus programas de incentivo, valorização e divulgação das agroindústrias familiares. Nesta quinta-feira, 23, o presidente da Emater/RS, Geraldo Sandri, em um encontro com o vice-prefeito, Aido Bertuol, anunciou que o Município foi o escolhido como case de sucesso em um projeto piloto da instituição.

O Presidente avaliou que “o município de Bento Gonçalves e a Emater fazem um trabalho muito forte e importante para alavancar as agroindústrias e o turismo no município, sendo que este deverá ser um case a ser replicado em muitos pontos do Estado”.

Durante o encontro, foi discutido o programa Selo Sabor de Bento, projeto que visa valorizar o produtor empreendedor, agregar renda aos participantes e estimular o consumo, viabilizando a ampliação de mercado e a competitividade, por meio da certificação de qualidade. Atualmente, Bento Gonçalves conta com 31 estabelecimentos registrados no Selo.

Também foram apontadas outras iniciativas desenvolvidas pela Prefeitura em parceria com entidades, como o projeto piloto do Vinho Colonial, as capacitações oferecidas aos moradores do interior, e as questões de desburocratização, fiscalização e organização na área.

O Vice-prefeito destacou que o reconhecimento de Bento Gonçalves se deve a um trabalho desenvolvido em conjunto. “A atual Administração trabalha na valorização dos produtores desde 2013, a partir da criação do Programa Municipal de Agroindústria Familiar, sendo o único município do Rio Grande do Sul a possuir uma iniciativa específica para essa atividade. Em parceria com as entidades, nosso objetivo é cada vez mais estimular a agricultura familiar e incentivar os nossos agricultores”, salienta.

A reunião foi acompanhada pelo secretário de Desenvolvimento da Agricultura, Dorval Brandelli, pelo chefe do Escritório da Emater/RS-Ascar de Bento Gonçalves, Thompson Didoné, pelo coordenador distrital Henrique Nuncio, pelo coordenador do Departamento de Inspeção de Produtos de Origem Animal (Dipoa), Cristiano Selbach, e pelo geólogo Luiz Pinto.

Assessoria de Comunicação Social

Fotos: Laura Kirchhof




%d blogueiros gostam disto: