Armando Teroldego, único brasileiro com Gran CINVE 2018 na Espanha

Vinícola Peterlongo, de Garibaldi (RS), arremata quatro prêmios na Europa e mostra ao mundo que sua expertise vai muito além dos espumantes

 

A Vinícola Peterlongo, instalada na Capital Brasileira do Espumante, é conhecida pela excelência de seus espumantes tradicionais. O que o mundo não sabia e está descobrindo e aprovando na taça é a qualidade de seus vinhos tranquilos. A centenária acaba de conquistar quatro prêmios no Concurso Internacional de Vinos y Espirituosos (CINVE) 2018, realizado de 12 a 14 de fevereiro no Complexo Cultural de São Francisco, na Espanha. O Armando Memória Teroldego 2016 foi o grande destaque, sendo o único rótulo brasileiro a obter o Grande Prêmio CINVE 2018, eleito em segunda degustação entre os vinhos que obtiveram Medalha de Ouro (90 a 100 pontos) com decisão unânime do júri.

 

Também recebeu Medalha de Ouro o Peterlongo Presence Espumante Moscatel. O Armando Memória Touriga Nacional 2016 e o Peterlongo Presence Espumante Brut ganharam Medalha de Prata (85 a 89 pontos). A entrega da premiação acontecerá dia 13 de abril no Hotel Villamagna, em Madri.

 

“Estamos muito felizes em ver que tanto nossos espumantes quanto nossos vinhos estão sendo reconhecidos no Brasil e no exterior. Esses prêmios nos mostram que estamos no caminho certo. Vamos seguir investindo para evoluir cada vez mais”, comemora o sócio diretor da Peterlongo, Luiz Carlos Sella. Ele comenta que tanto o Teroldego quanto o Touriga Nacional, ambos da safra 2016, já são resultado dos pesados investimentos feitos com a remodelação da vinícola e a contratação do enólogo francês Pascal Marty, winemaker da Peterlongo. “Desde a safra 2016, a Peterlongo vive uma nova fase. Adquirimos novos tanques e barricas de carvalho francês, reformamos a estrutura da vinícola, sem contar o trabalho no vinhedo”, destaca.

 

Para a enóloga da vinícola Deise Tempass, fazer parte deste processo de transformação de uma vinícola tão embriagada de história é um presente. Para Pascal Marty, o trabalho de base está no vinhedo, o resto é consequência. “Estamos trabalhando para fazer o vinho que queremos. Para isso, voltamos nossos olhares para o vinhedo, para a vinícola e para o mercado”, comenta Marty, responsável por projetos como Almaviva e Opus One. A grande missão do winemaker é lançar um super-premium brasileiro.

 

PREMIAÇÕES

Gran CINVE

Armando Memória Teroldego 2016

 

Medalha de Ouro

Peterlongo Presence Espumante Moscatel

 

Medalha de Prata

Armando Memória Touriga Nacional 2016

Peterlongo Presence Espumante Brut

 

Imagem: UNT Design




%d blogueiros gostam disto: