NOTÍCIAS DE BENTO – A IMPORTÂNCIA DA VACINAÇÃO CONTRA GRIPE DOS GRUPOS PRIORITÁRIOS

0

A IMPORTÂNCIA DA VACINAÇÃO CONTRA GRIPE DOS GRUPOS PRIORITÁRIOS

Reforçamos a importância da imunização dos grupos prioritários da Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza. Os integrantes da segunda e terceira fase da campanha podem procurar a unidade de saúde mais próxima para a aplicação das doses.

Na primeira fase, destinada a idosos e profissionais da saúde, a meta de vacinação de 90% do Ministério da Saúde foi ultrapassada. Foram 16.456 idosos (119,55%) e 4.143 trabalhadores da saúde (102,62%) que receberam a imunização.

Integrantes da segunda fase, os profissionais de segurança e salvamento, doentes crônicos, caminhoneiros, profissionais de transporte coletivo e trabalhadores portuários, que ainda não se imunizaram, podem procurar as unidades.

A primeira etapa da terceira fase que iniciou no dia 11 de maio, teve uma baixa adesão da comunidade. Todas as unidades de saúde possuem doses. A vacina não previne contra o Coronavírus, mas é muito importante para o sistema imunológico.

De acordo o Núcleo Estadual de Vacinação, a cobertura vacinal nacional das pessoas com deficiência, grupo que passou a integrar a campanha neste ano, está em 2%. Pessoas com deficiência física, auditiva, visual, intelectual ou mental, ou múltipla devem ser imunizadas.

Na segunda-feira, 18, iniciou em Bento Gonçalves, a segunda etapa da terceira fase da campanha. Até o dia 5 de junho, a vacina também estará disponível para adultos de 55 a 59 anos de idade e professores das escolas públicas e privadas.

Até o dia 18 de maio, as equipes haviam imunizado 28.649 pessoas, das 38.889 que compõem os grupos prioritários do município, o que soma uma cobertura vacinal de 73,2%.

 

Confira os números da vacinação em Bento:

Meta: 38.889

Doses aplicadas até 18 de maio: 28.649

Trabalhadores da saúde: 4.143 – 102,62%

Indígenas: 60 – 105,17%

Idosos: 16.456 idosos – 119,55%

Doentes crônicos: 3.267

Caminhoneiros: 877

Profissionais de Segurança e Salvamento: 539

Profissionais do Transporte Coletivo: 222

Crianças de 6 meses a menores de 6 anos: 2.498

Puerpéreas: 56

Gestantes: 390

Deficientes: 15