Bom Humor X Mau Humor: Alimentação pode ser aliada!

0

Muitos motivos podem levar alguém a sofrer com oscilações de humor, mas você sabia que a alimentação pode atuar como fator positivo (ou negativo) quando o assunto é esse?
A alimentação adequada e saudável é fator crucial para que o organismo libere serotonina, um hormônio que garante sensação de bem-estar, bom humor e saciedade.
Alguns alimentos, em especial, dão suporte para o processo de liberação desse hormônio:
O selênio, presente nas amêndoas, castanha-do-pará e nozes, é uma fonte importante de
antioxidantes, que atua diminuindo o estresse e sensações de irritabilidade.
Leite e iogurte desnatado são ótimas fontes de cálcio, esse nutriente pode reduzir o
nervosismo e irritabilidade, diminuindo a tensão.
Os alimentos ricos em Vitamina C, por sua vez, promovem o melhor funcionamento do sistema nervoso, auxiliando o organismo a combater o estresse, e garantindo energia e disposição para o corpo.
A banana e o abacate apresentam compostos bioativos que reduzem a ansiedade e ajudam a tornar o sono mais tranquilo.
O ômega-3 também apresenta funções muito importantes quando o assunto é humor pois
desempenha contribuições insubstituíveis para o funcionamento correto do cérebro e do
sistema nervoso.
A uva e seus derivados também contribuem com esse processo pois apresentam fitoquímicos e antioxidantes que auxiliam no funcionamento adequado do cérebro e garantem energia.
Por último, mas não menos importante, a Vitamina D: sua deficiência está associada a
distúrbios do humor, sua principal fonte é a exposição solar, mas está presente também em
alimentos como gema de ovos, óleo de peixe e alimentos fortificados.
Por outro lado, porém, alimentos como refrigerantes, doces e carboidratos refinados em
excesso, álcool, etc., podem atuar no efeito inverso, aumento a irritabilidade, estresse e
causando, consequentemente o mau humor, por esse motivo a alimentação natural e
equilibrada é um grande fator positivo.

Vale ressaltar que nenhum alimento, por si só, vai conseguir atuar equilibrando o organismo, a junção e o conjunto de nutrientes benéficos é que poderão atuar nessa melhora, por isso, o ideal é procurar um nutricionista que te auxilie a montar um plano alimentar, verificando quais nutrientes podem estar deficientes no seu organismo. Lembrando também que, caso essas oscilações de humor sejam bruscas e frequentes, é importante buscar auxílio psicológico com profissionais que deem o apoio necessário para manter-se em equilíbrio emocional.

Por: Nutricionista Tatiana Godoy CRN2 15579