Jornal Cidades da Serra - Bento Gonçalves - Rio Grande do Sul - Brasil
Dia “D” contra a Influenza mobilizou garibaldenses
By Volben Propaganda On 2 maio, 2016 At 10:18 AM | Categorized As Slider Inicial, Vida e Saúde e Beleza | With 0 Comments

07778_1-1462196125  A Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza que segue até o dia 20 de maio, já imunizou 4.596 pessoas em Garibaldi. Durante este período, as unidades básicas de saúde estarão aplicando a vacina, das 8h às 11h e das 13h às 16h. Além disso, no sábado, dia 30 de abril, aconteceu o dia de mobilização nacional.

Nesta campanha, além dos indivíduos com 60 anos ou mais de idade, serão vacinadas as crianças na faixa etária de 6 meses a menores de cinco anos de idade, as gestantes, as puérperas (até 45 dias após o parto), os trabalhadores de saúde e os grupos de portadores de doenças crônicas. Em Garibaldi, estes grupos totalizam 7.993 pessoas e a meta é atingir 80% desta população.

Conforme dados do setor epidemiológico, até a manhã desta segunda-feira, 02 de maio, foram vacinadas: Cr12168_1-1462196125ianças: 687 (46,80%), Trabalhadores de saúde: 401 (72,12%), Gestantes: 135 (490,09%), Puérperas: 27 (60%), Idosos: 2.555 (60,60%), Doentes crônicos: 834 pacientes (não tem meta) totalizando 4.596 pessoas. Os grupos menos vacinados foram as crianças e gestantes.

A Influenza é uma infecção viral aguda que afeta o sistema respiratório. É de elevada transmissibilidade e distribuição global, com tendência a se disseminar facilmente. A transmissão ocorre por meio de secreções das vias respiratórias da pessoa contaminada ao falar, tossir espirrar ou pelas mãos, que após contato com superfícies recém-contaminadas por secreções respiratórias pode levar o agente infeccioso direto a boca, olhos e nariz.

Quais são as contraindicações para a aplicação da vacina contra Influenza?
Pessoas com alergia co
mprovada e importante ao ovo não devem receber a vacina. Para pessoas com doenças agudas febris moderadas ou graves, recomenda-se adiar a vacinação até a resolução do quadro com o intuito de não se atribuir à vacina as manifestações da doença.

É importante alertar que após receber a vacina, a pessoa demora cerca de duas a três semanas para ficar protegida contra o vírus. Então ressaltamos a importância da aplicação da vaci12167_1-1462196125na o mais breve possível.

É importante comparecer aos locais de vacinação com a Carteirinha de Vacinação ou documento de identidade.

Leave a comment

You must be Logged in to post comment.