Esportivo perde na Montanha dos Vinhedos e cai na primeira fase da Copa do Brasil

0
99
Felipe Gedoz (C) fez o primeiro gol do Remo Porthus Junior / Agencia RBS

O Esportivo não conseguiu avançar na Copa do Brasil. Jogando no Estádio Montanha dos Vinhedos, em Bento Gonçalves, o time alviazul acabou derrotado pelo Remo-PA, por 2 a 0, na noite desta quarta-feira (17). Com um gol sofrido em cada tempo e um pênalti desperdiçado, a equipe do técnico Luiz Carlos Winck não teve força para reagir e ainda acabou com dois jogadores expulsos.

Agora, o foco alviazul se volta totalmente para o Gauchão, onde está na zona do rebaixamento. No domingo (21), a equipe enfrenta o Caxias no Centenário.

O jogo

O confronto na Montanha dos Vinhedos começou com o Esportivo levando perigo. Após cruzamento para a área, aos quatro minutos, Wesley cabeceou forte, à direita do gol adversário.

O Remo, por sua vez, foi efetivo aos 21. Após bela troca de passes, Marlon cruzou rasteiro da esquerda e Felipe Gedoz foi preciso ao chutar com força para abrir o placar: 1 a 0 para os paraenses.

Precisando da virada, o Esportivo foi para cima. E aos 35, Wesley foi puxado pelo zagueiro Fredson dentro da área. O pênalti foi marcado e o próprio Wesley foi para cobrança. Porém, o chute fraco, no canto direito baixo do goleiro, foi defendido por Thiago Rodrigues, evitando o empate.

No segundo tempo, o Remo quase ampliou aos três minutos. Renan Gorne encontrou Felipe Gedoz, que chutou mas parou na boa defesa de Anderson. Aos 11, a situação alviazul ficou mais complicada. Mateus Norton colocou a mão na bola, recebeu o segundo amarelo e foi expulso.

Tentando o primeiro, aos 30, Emerson cruzou e Wesley cabeceou em cima do goleiro do Remo. A bola ficou viva, mas Thiago Rodrigues conseguiu a recuperação e evitou o empate. Aos 35, Dioguinho chegou a fazer o segundo, mas o árbitro marcou falta no início da jogada.

A vitória do Remo foi sacramentada aos 41. Dioguinho fez bela jogada e parou novamente em Anderson. Porém, a bola sobrou para Lucas Tocantins, que tocou para o fundo da rede: 2 a 0.

Ainda deu tempo de Mateus Santana ser expulso reclamando do gol marcado pelos adversários. O adeus do Tivo da Copa do Brasil, em sua segunda participação no torneio, veio na estreia.