Em fevereiro, tem Carnaval Retrô

0
123
Em fevereiro, tem Carnaval Retrô

A ideia de celebrar uma das datas mais fortes da cultura brasileira com a identidade garibaldense de preservação histórica e cultural fez surgir o Carnaval Retrô. Em meio ao casario centenário, a primeira edição do evento, em fevereiro de 2019, mostrou a que veio: milhares de pessoas se reuniram na Rua Buarque de Macedo, antecipando as comemorações da maior festividade brasileira. Ao som de marchinhas, axé e samba, o Bloco do Bepi comandou a festa.

Com integrantes da Escola de Música da Orquestra Municipal de Garibaldi, da KGB Máfia, do Jaz Flor de Uva e da Banda Musical Profº Danilo Chisini, o público foi convidado a acompanhar o Bloco do Bepi, que, em movimento, tocou as tradicionais marchinhas de carnaval. O trajeto contemplou a Rua Buarque de Macedo e suas imediações. O nome Bepi brinca com o apelido de Giuseppe em talian – dialeto que veio com os imigrantes italianos – além de lembrar a figura de Giuseppe Garibaldi, que dá nome à cidade, e de tantos Josés que fizeram história na cidade.

Depois, no palco montado no entroncamento da Rua Buarque com a Rua Borges de Medeiros, a Banda do Bloco do Bepi animou a noite com clássicos carnavalescos que misturaram axé, samba e marchinhas transformando garibaldenses e visitantes em animados foliões.

Neste ano o evento está marcado para o dia 15 de fevereiro e ocorrerá nos mesmos moldes da edição anterior. O personagem Bepi ganha novos adereços: uma garrafa de espumante e um sabre, evidenciando o tema da edição 2020, a “Capital do Espumante”. O cortejo sairá da Rua Júlio de Castilhos, em frente ao Centro Administrativo, rumo a Rua Buarque de Macedo.
Também serão comercializadas camisetas do Bloco do Bepi, elas estarão à venda na Jam Instrumentos Musicais (Galeria Milani), ao valor de R$40,00. Mais informações podem ser obtidas pelo e-mail blocodobepi@gmail.com ou pelo Facebook @blocodobepi.

O Carnaval Retrô é uma promoção da Prefeitura Municipal de Garibaldi, por meio da Secretaria de Turismo e Cultura. A organização está a cargo do Centro Cultural e Artístico – CECAR e conta com o apoio da Secretaria de Mobilidade Urbana, Brigada Militar, Escola de Música da Orquestra Municipal de Garibaldi, KGB Máfia, Jaz Flor de Uva, Banda Musical Profº Danilo Chisini, Banda do Aeroclube, Arquivo Histórico Municipal, Conselho de Políticas Culturais (Concult), Associação Garibaldi Gastrô, Cia Teatral Acto, jornalista e cartunista Eliseu Demari e do designer Renan Boeira.

Deixe seu comentário !