Jornal Cidades da Serra - Bento Gonçalves - Rio Grande do Sul - Brasil
Indústria projeta investir mais de R$ 4 milhões na produção de palmilhas plásticas
By Volben Propaganda On 27 maio, 2016 At 10:37 AM | Categorized As Economia, Slider Inicial | With 0 Comments

GD_20160527090657ambienteverdeO mercado brasileiro de embalagens de alto padrão e a demanda da indústria calçadista em termos de palmilhas planas em plástico vem registrando um forte incremento. Com foco nesse cenário, a empresa Ambiente Verde Indústria Ltda., de Taquara, informou à Secretaria do Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia (Sdect) que projeta investir R$ 4,4 milhões na instalação de unidade de produção e de um gerador de energia para a central de incineração de resíduos com tecnologia fornecida por parceiros.

Em reunião, coordenada pela Sala do Investidor da Sdect, o diretor da empresa, Alberto Luiz Wanner, detalhou o projeto. Numa primeira etapa, há previsão de gerar 28 novos empregos. A Ambiente Verde, que produz palmilhas e termoconformados, tem fábricas em Taquara e Três Coroas e emprega 78 pessoas em suas unidades industriais e gera mais 172 empregos indiretamente. A indústria recolhe e processa aparas da indústria calçadista e resíduos plásticos domésticos fornecidos por cooperativa de catadores de materiais recicláveis das regiões do Vale do Sinos e Paranhana.

Wanner assinalou que a meta da empresa é tornar a cadeia industrial autossustentável com o reaproveitamento de resíduos Classe II. Adiantou ainda que a empresa já tem duas patentes requeridas para o projeto de geração de energia e queima e processamento de resíduos industriais. A empresa projeta também construir um proativo setor de pesquisa e desenvolvimento, integrado por profissionais e gestores qualificados.  Ao destacar a oferta de produtos inovadores em um mercado em crescimento, o empresário destacou o enorme potencial da área. Para a implementação do projeto, a empresa dispõe de uma área total de 14.978m² em suas unidades que abrigam pavilhões industriais com área construída de 5.743 m².

A direção da Ambiente Verde recebeu informações detalhadas sobre licenciamento ambiental por parte da Ffepam, também quanto ao tratamento tributário na aquisição de equipamentos, de enquadramento nos incentivos do Fundo Operação Empresa (Fundopem/RS) e no Programa de Harmonização do Desenvolvimento Industrial do Rio Grande do Sul (Integrar/RS); e sobre o apoio da Fundação de Ciência e Tecnologia (Cientec) e os relacionados com as linhas de financiamento operadas pelo BRDE, Badesul e Banrisul, que integram o Sistema de Desenvolvimento Econômico do Rio Grande do Sul.

Texto: Ascom Sdect
Edição: Léa Aragón/Secom 

Leave a comment

You must be Logged in to post comment.