HBSP aperfeiçoa atendimento domiciliar

0
58
Estima-se, para um futuro próximo, uma tendência da migração das internações hospitalares para internações domiciliares.
 

O Hospital Beneficente São Pedro (HBSP) de Garibaldi, visando aperfeiçoar o acompanhamento de pacientes, tem reforçado o atendimento multidisciplinar a domicílio como modalidade de assistência médica.
A intervenção hospitalar, no contexto domiciliar, que vem sendo implementada pela instituição, é uma alternativa para o cuidado individual de, por exemplo, usuários com necessidade de troca de curativos, aplicação de injeções, administração de dietas ou cuidados com sondas. Para executar tais ações, uma equipe constituída de técnicos em enfermagem, enfermeiros, nutricionistas, psicólogos, fonoaudiólogos e médicos são responsáveis por avaliá-los e atendê-los.
Conhecido, também, como modelo home care, exige estabilidade clínica e solicitação médica, recomendando os tipos de cuidados necessários daqueles a serem assistidos. Visitas periódicas são planejadas, de acordo com a complexidade de cada caso, e profissionais treinados executam a sua função. Enfatiza-se que a entidade disponibiliza materiais e equipamentos, estando atenta para manter um serviço qualificado.
O gerente executivo do HBSP, Rangel da Costa Carissimi, explica que “o objetivo é que, cada vez mais, a gente tenha a migração das internações hospitalares para internações domiciliares”, tendo observado resultados positivos, evidenciando a eficácia da implementação de um outro modo de cuidar.
As vantagens da atenção médica a domicílio, em comparação com a tradicional, são maior qualidade e conforto do paciente, redução de custos, diminuição o risco de infecções graves, uso inteligente dos leitos e dos recursos hospitalares. Adicionalmente, verifica-se o favorecimento para o restabelecimento da independência e a preservação da autonomia de quem ainda está em tratamento, dentro de uma metodologia de olhar mais humanizado.
A popularização dessa abordagem vem sendo vista, no Brasil e no mundo, desde o ano passado, devido ao COVID-19 e a consequente pandemia, concebendo um cenário que exigiu refletir sobre a assistência na área da saúde. Conforme verificado durante esse período, se aliados conhecimento e tecnologia com responsabilidade, competência e supervisão, a recuperação e a reabilitação dos usuários poderão ser realizadas de maneira mais segura e eficaz.
O HBSP, hoje, presta esse serviço para a Unimed e clientes particulares, articulando-se para, potencialmente, no futuro, estendê-lo à Sistema Único de Saúde (SUS). Para orçar desembolsos, orienta-se contatar a entidade.

  

Fotos: Divulgação/HBSP