Polícia Civil esclarece caso de corpo de homem encontrado na Maesa em Caxias do Sul

78

Polícia Civil esclarece caso de corpo de homem encontrado na Maesa em Caxias do Sul

A DEFREC de Caxias do Sul confirmou nesta terça-feira (2) a resolução da morte de Paulo Cesar Fernandes Dutra, de 43 anos. O corpo foi encontrado morto no vertedouro da barragem da Maestra, em 06 de agosto passado. Ele não apresentava ferimentos por tiro ou faca, mas a necropsia constatou uma lesão na região cervical e nas costelas.

A polícia começou a tratar o caso de forma diferente quando obteve a informação de que ele havia saído de uma casa no loteamento Campos da Serra, na noite do domingo (05 de agosto), em uma Meriva prata de placas IMW 8263 para beber com amigos, com a quantia de R$ 100, sendo encontrado morto no dia seguinte. O carro dele só foi encontrado no dia seguinte, abandonado na Rua Ernesto Alves, no bairro Jardelino Ramos.

As investigações apontaram que, no bar, a vítima encontrou uma mulher identificada como Suelen Cristina Leite da Silva, 33 anos. Como Dutra seria usuário de cocaína, ele a mulher teriam saído e ido até o Jardelino Ramos, onde reside outro envolvido, identificado como Gilmar Moraes Paim, de 43 anos, para adquirir drogas. Para isso, a vítima teria pegado mais R$ 50 com o dono do bar, localizado no Campos da Serra.

Suelen revelou que, ao chegar ao Jardelino, teria deixado Paulo César com Paim. Porém, após o primeiro contato e consumo de drogas no carro, teriam ido até a Maestra, onde renderam a vítima e ordenaram que ela tirasse a roupa, que foi descartada após ele ser morto. Não ficou claro como ocorreu o crime, pois os dois negam ter cometido o assassinato. Suelen tem antecedentes em vários casos de furtos e roubos. Já Paim tem passagens por furto tentado e furto qualificado.




Deixe uma resposta