Jornal Cidades da Serra - Bento Gonçalves - Rio Grande do Sul - Brasil
PROJETO QUE REDUZ NÚMERO DE VEREADORES NA CÂMARA DE BENTO É REJEITADO POR MAIORIA
By Volben Propaganda On 15 jun, 2016 At 08:58 AM | Categorized As Política, Slider Inicial | With 0 Comments

DSC07821 DSC07822 DSC07823 DSC07824 DSC07825 DSC07826 DSC07827 DSC07828 DSC07829 DSC07830 DSC07831 DSC07832 DSC07833 DSC07835 DSC07836Por 15 votos a 2, foi rejeitada a Proposta de Emenda à Lei Orgânica nº 1/2016, cujo objetivo é reduzir o número de vereadores em Bento Gonçalves do atual número de 17 para 11 a partir da próxima legislatura (2017-2020). Mesmo assinando o projeto que foi protocolado no dia 4 de maioos vereadores Jocelito Tonietto (PDT), Leopoldo Benatti “Raquete” (PTB), Moisés Scussel Neto (PSDB) e Vanderlei Santos (PP) mudaram o posicionamento com o discurso em plenário da importância da representatividade. O mesmo ocorreu com os vereadores Márcio Pilotti (PSDB), Marcos Barbosa (PRB), Paulo Roberto Cavalli “Paco” (PTB) e Valdemir Marini (PTB).

Desta forma: votaram pela manutenção dos 17 vereadores todos, exceto Gilmar Pessuto (PSDB) e Moacir Camerini (PDT).

A justificativa do projeto, com a redução do número de vereadores e, consequentemente, da quantidade de assessores, é que seria alcançada uma economia de R$ 1,7 milhão ao ano na Câmara. Embora, somente em 2015 o Poder Legislativo tenha economizado mais de R$ 4 milhões, devolvendo aos cofres da Prefeitura.

O projeto como trata de proposta à Lei Orgânica, voltará a votação em um espaço de até 15 dias, mesmo rejeitado em primeira votação.

 

A sessão ordinária desta segunda-feira contou com algumas faixas de apoio pela manutenção dos 17.

 

 

Por Felipe Machado

Leave a comment

XHTML: You can use these tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>