Em Farroupilha o casal investigado por transportar homem em porta-malas de carro recebe liberdade provisória da justiça

0
61

Caso foi descoberto após o veículo se envolver em acidente de trânsito na ERS-122

 

O casal investigado por transportar um homem no porta-malas de um carro, recebeu liberdade provisória da justiça nesta quarta-feira, 9. O caso foi descoberto após o veículo Renault Logan, onde estava o homem, se envolver em um acidente de trânsito no km 45 da ERS-122 em Farroupilha, na manhã da terça-feira, 8.

A decisão da justiça está embasada pelo fato do casal não possuir antecedentes criminais e o crime de sequestro ter pena menor que quatro anos, conforme o artigo 148 do Código Penal.

Conforme a decisão, o homem de 38 anos e a mulher de 42 anos, que não tiveram as identidades divulgadas, terão que cumprir medidas alternativas à prisão, como o comparecimento periódico em juízo, até o julgamento do processo. A Polícia Civil tem um prazo de 30 dias para a conclusão do inquérito, e após será encaminhado ao Ministério Público (MP).

Conforme o inquérito, o homem de 25 anos, que estava no porta-malas foi acusado pelo casal da cidade de Novo Hamburgo, pela prática de estupro em uma criança, ainda no mês de abril, quando a criança visitava parentes em Farroupilha.

A polícia investiga o que o casal pretendia fazer com o homem e qual o envolvimento do acusado no caso.

Após o resgate do porta-malas, o homem foi ouvido na delegacia na condição de vítima de sequestro e de suspeito de estupro. A investigação segue em sigilo.