Notícias de Serafina Corrêa – Jovem é morto no Balneário do Camping do Carreiro

0
31
Daniel De Farias Galleazzi, 21 anos, foi golpeado oito vezes com um canivete de aproximadamente 10cm de lâmina. Autor do crime foi preso pela Brigada Militar
Nem bem começou o novo ano e o município de Serafina Corrêa registrou o primeiro homicídio. O crime aconteceu no dia 1º de janeiro, por volta da 1h30min, nas dependências do Balneário do Camping do Carreiro de Serafina Corrêa, zona rural/Linha Bento Gonçalves. Daniel De Farias Galleazzi, 21 anos, natural de Muçum e residente em Anta Gorda, foi golpeado oito vezes com um canivete de aproximadamente 10cm de lâmina. O autor dos golpes, um rapaz de 30 anos – morador do bairro Vila Verde de Guaporé, foi preso em flagrante pelos policiais militares que estão na Operação RS Verão Total e a da guarnição do 5º Pelotão da Brigada Militar (BM), de Serafina Corrêa. A arma branca foi apreendida.
Conforme informações, uma briga generalizada aconteceu em um dos pontos da área de lazer. Policiais foram avisados na Central de Operações (Telefone 190) e deslocaram-se para verificar o tumulto e prestar auxílio aos colegas que efetuam o patrulhamento no camping. O autor do crime, que é natural de Guarujá/SP, fugiu em direção ao lado do posto da BM, onde acabou abordado. Ele, segundo os policiais, apresentava ferimentos que teriam sido causados por Galleazzi durante a briga, sendo posteriormente encaminhado para atendimento. O rapaz confessou que desferiu várias facadas na vítima.
As oito perfurações atingiram o abdômen (uma), tórax esquerdo (três), pescoço (duas) e ombro esquerdo (uma). Ferido, Galleazzi foi socorrido por populares para o Hospital Nossa Senhora do Rosário. O jovem recebeu atendimento da equipe de médicos e enfermagem da casa de saúde, porém, não resistiu aos ferimentos e morreu.
O acusado, após receber voz de prisão, foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil (DP), de Marau, onde foi realizado o registro do flagrante e na sequência conduziram-no para o Presídio Estadual de Guaporé onde fica à disposição da Justiça.
Fonte Rádio Aurora
Texto: Eduardo Cover Godinho
Foto: Ilustração