Serafinense morrem em tragédia no trânsito na ERS-324 em Casca

Mais uma tragédia no trânsito, deixando duas vítimas fatais e quatro gravemente feridos, foi registrada na região. Na rodovia ERS-324 – Km 242 – proximidades do viaduto férreo, uma sequência de colisões na madrugada do dia 12 de outubro, por volta das 4h30min, feriado de Nossa Senhora Aparecida (Padroeira do Brasil), vitimou Idair Orso, 31 anos, e Jair Pedro Orso, 37 anos, moradores de Guaporé e Serafina Corrêa, respectivamente. A dupla, que havia acertado o veículo em que estavam na porta de um outro estacionado no acostamento, pararam para prestar socorro e, juntamente com outro amigo, foram atropelados.

A Polícia Rodoviária Estadual (PRE), de Casca, que atendeu o acidente, destacou que o automóvel Volkswagen Gol, placas JDU-2474, de Casca, conduzido por Rafael Durante, trafegava no sentido Vila Maria/Casca, quando apresentou problemas mecânicos (pane elétrica). Sem condições de continuar seguindo viagem, o rapaz parou o veículo no acostamento para verificar a situação e buscar ajuda. Ao abrir a porta, Rafael foi atingido pelo Chevrolet/Ômega, placas MIU-0410, de Guaporé, que tinha como motorista Idair Orso e os caroneiros Jair Pedro Orso e Daniel Marafon Pimentel Canoff, e seguia no mesmo sentido.

O trio parou o automóvel no acostamento e todos os ocupantes saíram para prestar socorro. Durante o deslocamento, pelo asfalto da ERS-324, eles foram atropelados pela Fiat/Strada, placas JXF-0361, de São Domingos do Sul, conduzida por Jaime Koakoski. Na carona da caminhonete estava Guilherme.
Com o impacto da colisão, os serafinenses não resistiram e morreram no local. Rafael, motorista do Gol, com graves ferimentos foi conduzido ao Hospital São Vicente de Paulo, de Passo Fundo. Canoff foi encaminhado para o Hospital Santa Lúcia, de Casca, por parentes, enquanto Jaime e Guilherme foram levado, por populares que passavam pela rodovia, para a mesma unidade hospitalar. Não há informações, até o momento, do estado de saúde das vítimas.

Outra tragédia

Enquanto efetuavam o atendimento e o levantamento dos dados do acidente que vitimou os irmãos Orso, os policiais rodoviários se depararam com mais uma tragédia. A cerca de dois quilômetros na mesma rodovia (Km 241), uma jovem em um veículo Gol, placas IOX-7589, de Casca, que seguia no sentido Vila Maria/Casca, perdeu a vida ao colidir frontalmente em um caminhão VW/24.250, emplacado em São Domingos do Sul, que trafegava no sentido contrário. Adriana Pigosso, 22 anos, era motorista do automóvel e morreu no local. O condutor do caminhão sofreu ferimentos leves.

Durante o socorro, remoção das vítimas e lavagem da pista de rolamento devido à grande quantidade óleo, o trânsito ficou interrompido e os condutores tiveram que utilizar um acesso alternativo para seguir viagem. A PRE, Polícia Civil (PC), Corpo de Bombeiros Voluntário de Marau, Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e Instituto Geral de Perícias (IGP), estiveram prestando atendimento e buscando dados/informações para elucidar as tragédias na ERS-324 em Casca.

Fonte: Eduardo Cover Godinho




Deixe uma resposta