BENTO – AÇÕES EDUCATIVAS SÃO TEMAS DE PALESTRA PARA AGROINDÚSTRIAS FAMILIARES

As Secretarias Municipais de Saúde e Agricultura participaram no dia 25, de oficina promovida pela Emater sobre Higiene e Manutenção dos Reservatórios de Água nas Agroindústrias Familiares. O encontro ocorreu no auditório do Sindicato dos Trabalhadores Rurais.

 

A oficina teve por objetivo capacitar os participantes a efetuar a higienização do reservatório de água que abastece a agroindústria, de modo a garantir a qualidade e a segurança da água utilizada na manipulação dos alimentos produzidos.

 

Na ocasião estiveram palestrando o Coordenador e Fiscal Sanitário do Departamento de Vigilância Sanitária (VISA), Rafael Medeiros Vieira, e o Coordenador e Fiscal do Departamento de Inspeção de Produtos de Origem Animal (DIPOA), Cristiano Selbach da Silva. Foram abordados aspectos legais relacionados à higienização do reservatório (caixa d’água) e ao controle de potabilidade da água. Também dissertaram sobre algumas doenças que podem ser contraídas através do uso/consumo de água contaminada. O evento ocorreu no auditório do Sindicato dos Trabalhadores Rurais. Estavam presentes representantes das agroindústrias dos mais diversos ramos de atividade, como vinho colonial, elaboração de suco, produção de geleia, biscoitos, massas, e outros. O Tecnólogo em Alimentos da Emater, Neiton Perufo ministrou a oficina “Higiene e Manutenção dos Reservatórios de Água nas Agroindústrias Familiares”.

 

De acordo com os coordenadores, Rafael e Cristiano, “é de suma importância que os estabelecimentos, bem como a população em geral tenham consciência da importância do uso e consumo de água de qualidade, potável e devidamente clorada. No caso das agroindústrias, que o proprietário não considere a limpeza da caixa d’água e a análise de potabilidade da água como “mais um custo”, e sim como um investimento na qualidade de seus produtos, e na garantia à saúde de seus consumidores, além da sua e de sua família, afinal, na maioria dos casos a água que abastece o empreendimento é a mesma que supre a residência do empreendedor”, ressaltam.

 

Legislação:
A legislação sanitária vigente dispõe que os reservatórios de água dos estabelecimentos produtores/industrializadores de alimentos devem ser higienizados de modo a garantir a qualidade e a segurança da água utilizada. Além disso, a potabilidade deve ser atestada através de laudos laboratoriais. Desde 2002, com a emissão da Resolução – ANVISA – RDC nº 275, de 21 de outubro de 2002, os estabelecimentos produtores/industrializadores de alimentos passam a poder efetuar a própria higienização do reservatório, desde que comprovadamente capacitado para tanto.

 

Trabalho nas Agroindústrias do Município:
Desde 2013, com a emissão das Leis Municipais nº 5.553/2013 e 5.560/2013 e dos Decretos nº 8.458/2013 e 8.221/2013 que regulamentam no município a atividade de “Agroindústria Familiar” e o Selo “Sabor de Bento”, respectivamente, a Secretaria de Saúde, através do Departamento de VISA, e a Secretaria de Desenvolvimento da Agricultura, através do DIPOA, em parceria com a Emater, desempenham atividades educativas e fiscalizatórias nas agroindústrias municipais, o que resultou em 17 empreendimentos legalizados, além de outros em processo de legalização.

 

Assessoria de Comunicação Social




Deixe uma resposta