Dia do Vinho 2018 tem apenas 5% da programação alterada


10ª edição do evento que exibe força do enoturismo e dos vinhos do Brasil já tem data para ocorrer em 2019

Prestes a completar uma década de realização, o movimento em torno do Dia do Vinho conclui a jornada 2018 dando mostras de maturidade. Cada um dos mais de 20 municípios e 255 empreendimentos envolvidos na iniciativa efetuou os ajustes que considerou mais adequados para superar os efeitos da greve dos caminhoneiros que paralisou o país exatamente no período de realização do evento – atingindo diretamente 11 dos 17 dias de programação voltada ao desenvolvimento do enoturismo e promoção dos vinhos do Brasil. O jogo de cintura dos participantes deu resultado. Apenas 5% do total de 350 atividades previstas no Rio Grande do Sul, em São Paulo e no Vale do São Francisco registraram alterações, como transferências, adiamentos ou cancelamentos. A 10ª edição do Dia do Vinho já tem data para ocorrer: de 17 de maio a 2 de junho de 2019.

“É um sinal de maturidade, organização e competência dos três principais setores da economia engajados neste processo: vitivinicultura, gastronomia e hotelaria. A programação hoje ocorre ao longo de duas semanas, de maneira simultânea, nas regiões Sul, Sudeste e Nordeste do Brasil. Então, somente graças ao comprometimento dos participantes é que foi possível absorver e minimizar o impacto das paralisações que assolaram o país. Dois mil e dezoito serviu realmente como prova de força da união e das parcerias entre todos os municípios, entidades e empreendedores que fazem acontecer o Dia do Vinho”, afirma o presidente do Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin), Oscar Ló.

Em Bagé (RS), por exemplo, a Cavalgada do Vinhedo, que já tem 80 inscritos, e estava inicialmente marcada para 27 de maio, foi transferida para o dia 17 de junho. Situação similar a do festival Emoções no Vale, realizado pelo Spa do Vinho Autograph Collection Hotel, no Vale dos Vinhedos, em Bento Gonçalves (RS), que passou do feriadão de Corpus Christi (de 31 de maio a 2 de junho) para o feriado de 7 de Setembro. Também mudou de data o workshop Introdução ao Mundo do Vinho e suas Harmonizações, ministrado pelo presidente da Associação Brasileira de Enologia (ABE), Edegar Scortegagna, na Escola de Gastronomia da Universidade de Caxias do Sul (UCS), em Flores da Cunha (RS), de 28 de maio foi para 4 de julho. 

Ainda em Flores da Cunha houve um redimensionamento: como reduziu-se a previsão de público, o almoço comemorativo ao Dia do Vinho com o prato típico local, o menarosto, saiu do Parque da Vindima e foi para o restaurante Família Veadrigo – com casa lotada. O município teve outra atividade cancelada, o Pedal do Vinho. Mas esta, não por consequência da greve dos caminhoneiros, mas de um temporal que despencou sobre a região logo no primeiro fim de semana do evento.

Já o Roteiro de São Roque (SP) apostou no atrativo da vizinhança de apenas 60 quilômetros da capital paulista e estendeu por mais uma semana suas programações e promoções especiais. 

Sucessos de público e de resistência

Das cerca de 350 atrações previstas no Dia do Vinho 2018, menos de 20 sofreram algum tipo de alteração – não necessariamente, cancelamento, que ocorreu em número ainda menor. A vasta maioria foi realizada e, ainda, registrou público numeroso.

A segunda edição do Vinho na Praça, em Porto Alegre (RS), por exemplo, também foi transferida. Porém, apenas em função da chuva no dia 19 de maio. Realizada normalmente no dia 2 de junho, atraiu mais de quatro mil participantes à praça Dr. Maurício Cardoso. Também na segunda edição, a quermesse enogastronômica VeraCult – Vinho e Longevidade, em Veranópolis (RS), no fim de semana de 19 e 20 de maio, registrou comercialização de aproximadamente 600 garrafas de sucos, vinhos e espumantes e público de três mil pessoas.

Em outra prova do sucesso de público que são as combinações entre as praças e os vinhos, espumantes e sucos de uva, o Festival de Vinhos e Gastronomia levou mais de mil pessoas à Praça da Bandeira, em Flores da Cunha (RS), em pleno 27 de maio, no auge da paralisação. A programação especial do município para o feriadão de Corpus Christi, que incluía o percurso religioso formado pelos famosos tapetes de serragem e integrava o Dia do Vinho, ainda contabilizou o trânsito de 18 mil pessoas. 

Já em Monte Belo do Sul (RS), no Vale dos Vinhedos, o salão social da comunidade de Santo Isidoro recebeu 450 pessoas para o 17º Festival do Vinho, na noite de 2 de junho. Mesmo município onde o Festival de Artesanato, Dança e Música, nos dias 19 e 20 de maio, atraiu cerca de 400 participantes. Outro tradicional integrante da programação do Dia do Vinho, a 5ª Noite Vinhos e Sabores, em 2 de junho, ocupou todos os 300 lugares disponíveis no Salão Paroquial de Vila Flores (RS). 

Em Bagé (RS), um jantar harmonizado com vinhos da Campanha Gaúcha, dia 18 de maio, atraiu 80 pessoas ao restaurante San Valentino e arrecadou fundos para a restauração e preservação da cidade cenográfica de Santa Fé, nas cercanias do município, onde foi filmada a versão mais recente de O tempo e o vento. No dia seguinte, ainda na Campanha Gaúcha, um almoço especial alusivo ao Dia do Vinho  levou 100 pessoas à Vinícola Guatambu, em Dom Pedrito (RS). Nos dois locais, casa cheia.

Já em Santa Maria (RS), no Vale Central Gaúcho, a Rústica Wine Glass teve 80 inscritos. Somados aos 60 participantes da Food Experience, ao ar livre, o evento especial terminou com almoço para 140 pessoas. 

“O Dia do Vinho, este ano, trouxe a confirmação de uma capacidade extraordinária de profissionalismo e empenho por parte de empreendedores, entidades e municípios. Houve dificuldades de logística de suprimentos e de visitantes, escassez de insumos e gás e até o sentimento de dúvida entre o público, que não sabia se podia contar com a realização das atrações. Mas, a resposta veio. Tivemos eventos com mais de mil pessoas participando, vários com lotação esgotada, se vendeu muito vinho e se mostrou muito da diversidade e do potencial do enoturismo no Brasil. Não poderia haver respaldo melhor para se pensar a 10ª edição deste movimento, ano que vem”, assinala o presidente do Sindicato Empresarial de Gastronomia e Hotelaria (Segh) da Região Uva e Vinho, Vicente Perini.  

Sobre o Dia do Vinho
O evento Dia do Vinho ocorre desde 2010. Uma realização do Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin), por meio do projeto Vinhos do Brasil e Secretaria da Agricultura, Pecuária e Irrigação do Rio Grande do Sul (Seapi-RS), e pelo Sindicato Empresarial de Gastronomia e Hotelaria (Segh) – Região Uva e Vinho, como resultado do Projeto Eventos Integrados e Integradores – reinterpretação da concepção de evento, fomentado pelo Ministério do Turismo. A lei que instituiu o Dia do Vinho no Rio Grande do Sul no primeiro domingo de junho de cada ano foi promulgada em 12 de dezembro de 2003. O projeto partiu do então deputado estadual Iradir Pietroski.  

A edição 2018 teve o apoio das prefeituras municipais de Antônio Prado, Bento Gonçalves, Farroupilha, Flores da Cunha, Garibaldi, Monte Belo do Sul, Pinto Bandeira, Veranópolis e Vila Flores, além da Associação de Turismo da Serra Nordeste (Atuaserra), Associação Internacional de Enoturismo (Aenotur), Associação Farroupilhense de Produtores de Vinhos, Espumantes, Sucos e Derivados (Afavin), Associação de Produtores de Vinhos  Finos da Campanha Gaúcha, Associação dos Produtores de Vinhos de Pinto Bandeira (Asprovinho), Associação dos Vitivinicultores do Vale Central Gaúcho (Vinhos do Coração do Rio Grande), Roteiro do Vinho de São Roque (SP), Sindicato da Indústria do Vinho de São Roque (Sindusvinho São Roque) e Vinho VASF – Instituto do Vinho Vale do São Francisco. O patrocínio é de Oxford, Strauss e Sebrae.    

FOTO
Legenda:
Feiras como o Vinho na Praça reuniram fãs da bebida de Baco para celebrar a programação do Dia do Vinho. Atividade reuniu mais de quatro mil pessoas na capital gaúcha
Crédito: Rooney Bezzerra

 

Assessoria de imprensa do Dia do Vinho
Gabriel de Aguiar Izidoro:

Jornalista – MTE 11.590

(54) 9.9118.3877 | (54) 9.9681.3877 | (54) 3222.1516

gabriel@dnfpress.com | imprensa@dnfpress.com

 




Deixe uma resposta