Docente do Senac Bento Gonçalves participa de jantar que apresenta perspectivas para 2050

210

Evento assinado pelo Senac-RS aconteceu na última terça-feira (10/9)

O ano de 2050 foi o tema do Jantar do Futuro, promovido pelo Senac-RS em parceria com a Cozinhe.me e AnLab na noite da última terça-feira, 10 de setembro. O Nau, localizado no 4° distrito de Porto Alegre, recebeu a experiência, recheada de pratos secretos inspirados em previsões para o futuro.

O menu foi assinado pelos chefs Mamadou Sène, da Faculdade Senac Porto Alegre, Daniel Menezes, do DMZ Cozinha Criativa, Rogério Luce, do Basílic Gastronomia, Vico Crocco, do Crocco Studio Design, e Sofia Lerner, aluna do Senac-RS que ficou em 7° lugar na WorldSkills 2019 (competição internacional de educação profissional), e pelos chefs também do Senac, Leonir Martello e Ana Loureiro.

O chef de Gastronomia do Senac Bento Gonçalves, Lucindo Júnior, também foi convidado especialmente para integrar a equipe de preparo dos pratos. Lucindo Júnior é formado em Gastronomia com pós-graduação em Panificação e Confeitaria, além de inúmeros cursos na área. Além de docente do Senac, é proprietário do Lucindo Júnior Café e Doceria. 

O jantar iniciou com finger foods “Not Burgers”. A entrada utilizou a carne do futuro e maionese sem ovos. Após a recepção, o primeiro prato de entrada foram batatas e cogumelos com tempero de microgreens. O jantar seguiu com um carpaccio de melancia e temperos em cápsula feitos com a própria casca da fruta, surpreendendo todos os participantes que não adivinharam o ingrediente tão facilmente.

Na sequência, foi servido um “Filé de tainha em crosta de tapenade com nori, ao molho de manga com raz al hanut”.  O cardápio seguiu com um “Granito prensado com trilogia de ervilha”, e um “Kinkan (tipo de laranja) recheada com creme de kinkan”. Por fim, a sobremesa fechou com chave de ouro trazendo uma releitura do clássico “Romeu e Julieta” sem adição de açúcar.

Por que 2050?

A previsão é de que, em 2050, a população mundial chegue a 9,6 bilhões, segundo a ONU. Diante desse aumento, o “Relatório de Recursos Mundiais”, produzido pelo World Resources Institute em parceria com Banco Mundial e ONU Meio Ambiente, aponta que a forma que nos alimentamos hoje é insustentável, não sendo possível mantê-la até o ano de 2050.  Por isso, é mais do que necessário repensar o futuro da alimentação, com uma mudança significativa na produção dos alimentos e nos padrões de consumo. 

Sobre a Fecomércio-RS

A Federação do Comércio de Bens e de Serviços do Rio Grande do Sul é uma entidade sindical, que atua no âmbito econômico, político e social em prol da constante qualificação e crescimento do setor terciário gaúcho. A Fecomércio-RS possui hoje 112 sindicatos filiados e representa mais de 580 mil empresas, geradoras de aproximadamente 1,6 milhão de empregos formais. Atualmente, o Sistema Fecomércio-RS reúne os braços operacionais dos setores de comércio e serviços, Sesc/RS e Senac-RS e conta também com o Instituto Fecomércio de Pesquisa (Ifep) e com o Centro do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do RS (Ccergs). Mais informações pelo http://www.fecomercio-rs.org.br/.

Sobre o Senac-RS

O Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) é uma organização de educação profissional que tem o objetivo de colaborar na obra, difusão e aperfeiçoamento do ensino profissional no setor terciário da economia/comércio e serviços. Sua missão é “educar para o trabalho em atividades de comércio de bens, serviços e turismo”. Há 72 anos instalado no Rio Grande do Sul, o Senac-RS é administrado pela Federação do Comércio de Bens e Serviços do Estado (Fecomércio), entidade que conta com 112 sindicatos filiados, representando mais de 580 mil empresas. O Senac-RS já capacitou mais de 7 milhões de pessoas e possui 41 escolas de educação profissional, duas faculdades e 23 unidades de atendimento, somando mais de 60 pontos de atendimento no Rio Grande do Sul. Além disso, é a única instituição de educação do Brasil a ganhar o Prêmio Nacional da Qualidade (PNQ). Em 2017, também conquistou o Prêmio Ibero-Americano da Qualidade e, em 2018, celebrou o reconhecimento Melhores em Gestão, concedido pelo PNQ.




Deixe uma resposta