Cargill apoia instituições no combate aos impactos do COVID-19

0

Companhia ajuda comunidades a prosperarem por meio de parcerias globais e locais, combinadas com doações filantrópicas e de produtos. Rio Grande do Sul recebeu 2,5 mil reais em doações

São Paulo, 31 de agosto de 2020 – Nos 70 países em que a Cargill está presente, a Companhia e seus funcionários estão comprometidos em impactar positivamente as comunidades onde vivem e trabalham. Este ano, com a pandemia e desastres naturais em todo o mundo, a Cargill intensificou seu foco em impulsionar economias, melhorar os meios de subsistência e fazer a diferença para indivíduos, famílias, agricultores e pequenas empresas.

No Brasil, a Cargill doou cerca de 2 milhões de reais para instituições beneficentes de 15 estados brasileiros desde o início da pandemia. Com a missão de nutrir o mundo de maneira segura, responsável e sustentável, a Companhia está trabalhando com parceiros sem fins lucrativos e organizações não governamentais (ONGs) para ajudar a lidar com a insegurança alimentar e as necessidades médicas de emergência daqueles que estão vulneráveis aos efeitos causados pelo COVID-19.

A mais nova parceria da Companhia é com a USAID (Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional) que, juntas, vão doar mais de R$ 1 milhão ao programa PPA Solidariedade para mitigação do COVID-19 entre as populações mais vulneráveis da Amazônia Brasileira. A iniciativa tem como objetivo realizar a doação de cesta básicas para mais de 7 mil famílias, mobilizar campanhas de comunicação sobre os ricos da doença para mais de 50 mil pessoas da região de Santarém, Belterra e Mojui dos Campos, promover medidas de prevenção e controle nas unidades de saúde e domicílios; apoiar o sistema de saúde local, como hospitais e clínicas; e apoiar 5 associações de empreendedores, pequenas empresas com impacto social, grupos de produtores e cooperativas, que impactaram pelo menos 200 famílias diretamente, com contribuições financeiras, serviços de assessoria empresarial e acesso a empréstimos com juros baixos ou microcrédito.

“Estamos vivendo um momento de muitos desafios e cumprir o propósito da Cargill em alimentar o mundo de maneira segura, responsável e sustentável nunca foi tão necessário como agora. Por isso, além de garantir a segurança dos nossos funcionários e a continuidade das nossas operações de forma segura, juntamos nossos melhores esforços para podermos estar ao lado daqueles que estão mais vulneráveis aos efeitos da pandemia”, afirma Paulo Sousa, presidente da Cargill no Brasil.

A Fundação Cargill criou um fundo de apoio emergencial de mais de R$ 600 mil com o objetivo de apoiar a segurança alimentar das comunidades onde a empresa está inserida. Dessa forma, está sendo possível beneficiar mais de 20 mil pessoas de 68 instituições espalhadas pelo país, além do comércio local e agricultura familiar. E o departamento financeiro da Cargill foi responsável pela destinação de R$ 180 mil para o Banco de Alimentos de São Paulo; além de R$ 240 mil para a Colsan (Associação Beneficente de Coleta de Sangue). Além disso, por meio da Cargill Foods, a Companhia doou mais de 57 toneladas de produtos para 12 organizações sociais em São Paulo, Mairinque e Goiânia. Foram 7.498 caixas, totalizando custo de mercado estimado em R$ 749 mil reais. Ao todo foram beneficiadas 4.350 famílias.

Rio Grande do Sul recebeu da Cargill R$ 2,5 mil em cestas básicas para as 120 famílias da Associação Amigas Do Bem, localizada em São Luiz Gonzaga.

A Cargill tem desempenhado esse papel de solidariedade em todo o mundo. Recentemente, a empresa anunciou que doou 115 milhões de dólares em contribuições de caridade em seu último ano fiscal, proporcionando um alívio durante a atual pandemia e ajudando agricultores e comunidades a prosperar a longo prazo. Visite http://www.cargill.com/about/community-engagement para saber mais sobre o trabalho da Cargill com parceiros globais e locais para ajudar comunidades a prosperarem.

Por: Imprensa Cargill