ExpoBento e Fenavinho iniciam programação festiva

47

Com mais 10 dias pela frente, feira e festa devem atrair cerca de 250 mil visitantes

A quinta-feira de feriado foi um convite para prestar homenagens em honra ao padroeiro de Bento Gonçalves – Santo Antônio – e, também, curtir as atrações do primeiro dia da 29ª edição da ExpoBento e da 16ª Festa Nacional do Vinho. Entre as 10h e as 22h30 do dia 13 de junho, 10.619 pessoas passaram pelos corredores do Parque de Eventos que abriga feira e festa.

Esses visitantes puderam aproveitar o momento de folga com experiências de lazer, como o show da Acústicos & Valvulados, e de enogastronomia, com oficinas e degustações. Tudo isso em meio a uma oferta de produtos e serviços de 470 expositores – que fazem da ExpoBento a maior feira multissetorial do Brasil – e da alegria do interior trazida por mais de 20 vinícolas que mostram a reconhecida qualidade do vinho de Bento na Fenavinho.

Até o dia 23 de junho, cerca de 250 mil pessoas devem visitar feira e festa – um público que encontrará de carros de luxo a pulseiras hippie, em segmentos tão diversos que incluem vestuário, moda e acessórios, imobiliário, agronegócio e tantos outros ligados ao comércio, à indústria e aos serviços. Ao todo, são 28 opções gastronômicas e mais de 100 atrações artísticas, incluindo shows musicais de Vitor Kley, César Oliveira e Rogério Melo e Star Beetles, e apresentações dos espetáculos “Cirquin”, do Grupo Tholl, e de “Korvatunturi”, musical que mistura técnicas circenses, teatro e cenários virtuais. A programação completa pode ser acessada em www.expobento.com.br.

Com grandes e pequenas cantinas, Fenavinho celebra a cultura vitivinícola de Bento

Após um hiato de oito anos, a Festa Nacional do Vinho retorna ao circuito dos grandes eventos de Bento Gonçalves de forma integrada a ExpoBento. É fácil identifica-la no Pavilhão B do Parque de Eventos. Isso porque sua concepção arquitetônica baseia-se nas vilas que se formavam ao redor da cidade entre o final do século 19 e o início do século 20, abrigando um cada vez maior número de imigrantes e descendentes que fizeram do cultivo da vinha um dos legados culturais e econômicos da cidade.

Essa vila que constitui a Fenavinho, numa área de 3 mil m², será uma espécie de arena enogastronômica para celebrar as tradições, os costumes e a cultura dos imigrantes – tendo o vinho, claro, a reger a temática do espaço.

A grande celebração em torno da bebida de Baco trará uma amostra diversificada e democrática da produção de Bento Gonçalves. Ao lado de grandes vinícolas, como a gigante Cooperativa Vinícola Aurora, o visitante terá a oportunidade de conhecer pequenas cantinas familiares, como a Piccola Cantina, estabelecida em Faria Lemos.

Essa convivência revela como a cultura vitícola carrega, a partir de seu principal produto, uma mística que transcende cores, aromas e notas dos vinhos. “Acredito que todos temos algo a aprender, grandes ou pequenos, todos temos em comum o mesmo produto, o vinho, que une as pessoas”, diz o proprietário e produtor Auri Flamia, da PiccolaCantina.

O estabelecimento aposta no vinho colonial e mostrará ao público vinhos brancos, tintos e suaves. “É nossa primeira Fenavinho e esperamos que seja a primeira de muitas. Estamos com grande expectativa em participar, especialmente por ser o retorno desse grande evento de Bento Gonçalves, que representa muito a nossa população, os agricultores e, especialmente, o vinho”, prossegue Flamia.

Parceira desde o surgimento da festa, em 1967, a Aurora se mostra eufórica com a nova edição da Fenavinho e com toda a repercussão que o evento trouxe, inclusive internacionalmente. “Para nós é muito importante, porque é um evento que selou o setor. O período em que a Fenavinho não ocorreu deixou uma lacuna muito grande. Estive há pouco numa feira de equipamentos no Chile e lá as pessoas estavam falando da Fenavinho. É fundamental estabelecermos parcerias no sentido desse retorno, com o engajamento do setor, porque a Fenavinho não pode deixar de existir”, comenta o diretor-geral da Aurora, Hermínio Ficagna.

O executivo enalteceu o vinho encanado, um dos símbolos da Fenavinho, e disse que esse “marco no nascedouro da festa” aponta para o sucesso da empreitada. “A repercussão foi fantástica. Estamos convencidos que será uma grande Fenavinho, o que será bom para ao turismo, para a ExpoBento e para o município, melhorando nossa economia e movimentando o comércio”, destaca.

Agende-se

O quê: 29ª ExpoBento e 16ª Fenavinho

Quando: até 23 de junho

Onde: Parque de Eventos (Alameda Fenavinho, 481), em Bento Gonçalves

Valores e horários: de segunda a sexta, das 18h às 22h30min (R$ 5); sábados e feriados, das 10h às 22h30min (R$ 12); e domingo, das 10h às 21h (R$ 12). O ingresso dá acesso a todos os shows

PROGRAMAÇÃO DE SEXTA-FEIRA, DIA 14

19h às 21h – ExpoBento na Mesa

19h – Degustação (Fenavinho)

19h – Apresentação Jovem Ainda (Praça Gastronômica)

20h – Apresentação Guilherme Mecca (Palco Fenavinho)

20h – Desfiel (Passarela de Moda)

20h – Apresentação Alexandre Lucietto (Praça Variedades)

21h – Apresentação Lowlife (Praça Gastronômica)

21h – Apresentação Vocal Alelegro (Palco Fenavinho)

Crédito: Vagão Filmes | Augusto Tomasi




Deixe uma resposta