Garibaldi – Município mantém decreto de isolamento social até dia 5

0

O Prefeito de Garibaldi, Antonio Cettolin reuniu em seu gabinete, na manhã desta segunda-feira, dia 30, integrantes do Comitê Municipal de Atenção ao Coronavírus e representantes das entidades empresariais, para avaliar as medidas de prevenção ao Covid-19 e tratar sobre o planejamento de ações e atividades para retomada gradual das atividades. O decreto de isolamento fica mantido até o dia 5 de abril.

 

Inicialmente o prefeito fez uma explanação da situação atual no município, bem como as medidas que estão sendo tomadas para amenizar os impactos socioeconômicos causados pelas ações necessárias à prevenção ao novo coronavírus, e que deverão auxiliar à população que não está conseguindo trabalhar com a quarentena.

 

A secretária da saúde, Simone Agostini de Moraes, reforçou o pedido para que se continue vigilante com os cuidados de lavar as mãos frequentemente, do uso do álcool gel e do isolamento social. “Até agora investigamos 15 casos, o que consideramos bastante para um município como Garibaldi. Sabemos que cada um contamina de quatro a cinco pessoas, mesmo estando sem os sintomas, por isso precisamos continuar com as medidas para que possamos registrar o menor número possível de casos” reforça Simone.

 

A médica responsável pela epidemiologia em Garibaldi, Natália Rodighero Leal, explicou como estão sendo monitorados os casos. “O número de coletas e suspeitos vem aumentado semanalmente. No momento, temos nove pessoas que voltaram de viagem, que estão sem sintomas, cumprindo o isolamento e as orientações recomendadas por pelos menos sete dias. A nossa conduta agora é o que vai determinar o número de casos daqui alguns dias”.

 

Os representantes das entidades empresariais em suas manifestações, parabenizaram o poder público municipal pelas ações que vem tomando diante da situação.

 

Em nome da Câmara de Indústria e Comércio – CIC Garibaldi, o vice-presidente, Rogério Bortolini, reforça que a entidade está de acordo com o Decreto municipal. “A retomada é necessária, mas dentro de algumas regras pré-estabelecidas e desenvolvidas junto ao comitê” reforça Bortolini.

 

Representando a Associação de Pequenas e Médias Empresas – Apeme, a presidente Rosângela S. Zwirtes da Costa, declarou que a entidade defende a ideia da retomada das atividades no próximo dia 6, mas com muita organização, coerência e responsabilidade.

 

O prefeito Cettolin reforçou o pedido para que a população fique em casa neste momento, para que não seja preciso ficar em casa mais tarde, pois o momento exige isolamento. “Reconhecemos o esforço que as empresas estão fazendo, mas precisamos que a comunidade também cumpra com seu papel, respeitando as orientações de permanecer em suas casas”.

 

Conforme o último boletim do serviço de epidemiologia do município, o total de casos investigados até esta segunda-feira, dia 30 de março, eram de 15 pessoas. Sendo, 7 suspeitos, 1 caso confirmado e 7 descartados. O paciente confirmado já está recuperado. Todos os pacientes cumprem isolamento domiciliar ou hospitalar. O Centro Estadual de Vigilância em Saúde – LACEN está levando cerca de 5 dias para enviar o resultado da testagem.

 

Na quarta-feira, dia 1º de abril, uma nova reunião irá avaliar a situação e definirá detalhes da retomada gradativa do setor empresarial para o dia 6.

Crédito das fotos: Valéria Loch

Em anexo o Decreto 4.367  que altera o Decreto nº 4.362, de 20 de março de 2020, que trata da Situação de Emergência para fins de prevenção e enfrentamento ao contágio pelo novo coronavírus (covid-19) no âmbito do município de Garibaldi.