WhatsApp e Instagram são os principais canais de venda durante a pandemia, aponta pesquisa da CIC Jovem

0
37
 

WhatsApp e Instagram são os principais canais de venda durante a pandemia, aponta pesquisa da CIC Jovem
Se os canais digitais já ganhavam espaço para o relacionamento entre as empresas e seus clientes, o resultado de um levantamento, proposto pela CIC Jovem, demonstra que a pandemia foi responsável por uma revolução na forma como as pessoas realizam suas compras.


A preferência pelas compras via internet alcançou 66,5% dos clientes entrevistados, em sua maioria com idades entre 19 a 39 anos, sendo que 58,8% aumentaram seus gastos em compras on-line e 47,4% utilizaram mais os serviços de tele-entrega de comida.
As conclusões da pesquisa “O Consumo durante a pandemia” foram divulgadas na manhã de quarta-feira, 15 de setembro. Sob a coordenação do professor da Faculdade Fisul, Mestre em Administração, Guilherme Coelho, foram ouvidos 274 pessoas (165 mulheres e 109 homens), entre os meses de fevereiro e abril de 2021.
O WhatsApp e o Instagram foram os aplicativos mais usados para compras em estabelecimentos locais ou da região. Com aumento da preferência pelas compras on-line, a fidelização tornou-se um dos grandes desafios ao comércio local, porém cresceu a percepção pelo esforço ao atendimento remoto.
O turismo e os serviços ligados a gastronomia, principais setores afetados no último ano, ainda terão grandes desafios pela frente, já que a maioria dos entrevistados declarou não ter pretensões de realizar passeios ou frequentar bares e restaurantes enquanto durar a pandemia.
Para o professor, o comércio local deve estar atento às oportunidades que a internet oferece, os empreendimentos turísticos devem tentar atrair a população regional e os profissionais de educação física e produtores de alimentos orgânicos podem aproveitar o aumento da preocupação com a saúde para se consolidarem perante os consumidores.
“É importante o investimento no digital, assim como ter atividade nas diversas plataformas e usá-las como canais de venda, fazer ofertas distintas para o público local e investir em anúncios pagos”, listou Coelho como dicas que podem atrair novos consumidores.
Pesquisa completa: https://bit.ly/3nAGMna